Festival de Dança de Rio das Ostras reúne artistas e companhias consagradas

Primeiros bailarinos do Teatro de Leipzig (Alemanha) apresentam dois clássicos

Rio das Ostras se transforma mais vez na Cidade da Dança, entre os dias 14 e 18 de novembro.

No principal palco, além da mostra competitiva, reunindo coreografias de diferentes estilos, do balé clássico ao street dance, haverá apresentação de companhias consagradas.

A Cia. de Dança Carlinhos de Jesus e os primeiros bailarinos do Teatro de Ópera de Leipzig (Alemanha), encenando trechos de O Corsário e Noite de Walpurgis, são alguns dos destaques do VIII Festival de Dança do município. Considerado o mais importante do gênero no Estado do Rio, o festival vai promover nesta edição, pela primeira vez, uma batalha de Dança de Rua. Todas as atrações são gratuitas.

Uma realização da Prefeitura e da Fundação Rio das Ostras de Cultura, o Festival de Dança tem direção e produção da bailarina e coreógrafa Regina Sauer. Para quem estiver interessado em buscar aperfeiçoamento, o evento oferece workshops ministrados por nomes consagrados. Marcelo Misailidis, Boris Stirojokov e os primeiros bailarinos do Leipzig, Marina Antonova e Guy Albouy, vão dar aulas de balé clássico; Carlinhos de Jesus, de dança de salão; Roberto Dias e Roseli Rodrigues, jazz; Alex Neoral, dança contemporânea; Ary Cordeiro, dança de rua.

Aquarela\u003c/b\>, com a Cia. de Dança\nCarlinhos de Jesus. Na quinta-feira, 15, às 22h, serão\nencenados trechos dos balés de repertório \u003cb\>O Corsário\u003c/b\>\ne\u003cb\> Noite de Walpurgis\u003c/b\> pelos primeiros bailarinos Marina\nAntonova e Guy Albouy. Sexta e sábado, 16 e 17, também\nàs 22h, serão apresentados, respectivamente, \u003cb\>Quase\nUma \u003c/b\>(Focus Cia. de Dança) e \u003cb\>Tango sob dois olhares \u003c/b\>\n(Raça Cia. de Dança). No encerramento do festival no\ndomingo, 18, às 20h, a Cia. Urbana de Dança leva ao\npalco o espetáculo \u003cb\>Ziriguidum Urbano\u003c/b\>\u003cspan\>.\u003c/span\>\u003c/font\>\u003c/font\>\u003c/p\>\n\u003cp style\u003d\”margin-bottom:0cm\” align\u003d\”justify\”\>\n\u003cfont face\u003d\”Arial, sans-serif\”\>\u003cfont size\u003d\”4\”\>\tA mostra competitiva\nacontece durante todos os dias do festival: quarta, 14, às\n19h, salão, deficientes, sapateado e folclórica;\nquinta, 15, às 19h, balé clássico de repertório,\nbalé clássico livre infantil e juvenil; sexta, 16, às\n19h, balé clássico livre adulto, neoclássico e\ndança moderna; sábado, 17, às 19h, dança\ncontemporânea e estilo livre; domingo, 18, às 18h, jazz\ne street dance. A Batalha de Dança de Rua será também\nno dia 18, das 13 às 16h, na Lona 2.\u003c/font\>\u003c/font\>\u003c/p\>”,1] ); //–> Na quarta-feira, dia 14, às 19h, a atração convidada é Aquarela, com a Cia. de Dança Carlinhos de Jesus. Na quinta-feira, 15, às 22h, serão encenados trechos dos balés de repertório O Corsário e Noite de Walpurgis pelos primeiros bailarinos Marina Antonova e Guy Albouy. Sexta e sábado, 16 e 17, também às 22h, serão apresentados, respectivamente, Quase Uma (Focus Cia. de Dança) e Tango sob dois olhares (Raça Cia. de Dança). No encerramento do festival no domingo, 18, às 20h, a Cia. Urbana de Dança leva ao palco o espetáculo Ziriguidum Urbano.

A mostra competitiva acontece durante todos os dias do festival: quarta, 14, às 19h, salão, deficientes, sapateado e folclórica; quinta, 15, às 19h, balé clássico de repertório, balé clássico livre infantil e juvenil; sexta, 16, às 19h, balé clássico livre adulto, neoclássico e dança moderna; sábado, 17, às 19h, dança contemporânea e estilo livre; domingo, 18, às 18h, jazz e street dance. A Batalha de Dança de Rua será também no dia 18, das 13 às 16h, na Lona 2.

FONTE: SECOM – PMRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.