Mostra de Dança de Rio das Ostras atraiu milhares de pessoas

Evento recebeu elogios de Carlinhos de Jesus pela excelência na organização e por levar arte gratuitamente à população

“Estou encantada com tanta beleza”. A fala da professora Valéria Gomes reflete a de outras milhares de pessoas que estiveram na Praça São Pedro, de 14 e 17 de novembro, para prestigiar a Mostra de Dança de Rio das Ostras. Durante o feriadão, a Cidade recebeu grupos e companhias de diversos cantos do Brasil, valorizando, em especial, os artistas locais.
Valéria, que mora em Carapebus, disse que a Mostra foi uma grata surpresa. “Não tenho palavras. Vim aproveitar o feriado da Proclamação da República e ganhei este presente. Vibrei ao ver Carlinhos de Jesus no palco. Ele é pra cima e tem um ginga incrível. Um profissional que eu já admirava e agora, mais ainda. É bom saber que a Prefeitura de Rio das Ostras investe neste campo”, contou Valéria Gomes.
Carlinhos de Jesus foi uma das principais atrações do evento. O artista também elogiou a iniciativa do Município.
“Estou emocionado por estar aqui e parabenizo a Prefeitura de Rio das Ostras por levar arte aos seus moradores gratuitamente. A Mostra está muito bem organizada e a cidade é linda. Espero que este evento não pare por aqui. Quero voltar não apenas para me apresentar, mas para aproveitar as belezas que o Município oferece”, disse o dançarino.
Na abertura, o prefeito Sabino disse que o objetivo é ampliar o evento para que daqui a alguns anos possa ser comparado ao Rio das Ostras Jazz & Blues Festival.
“Estamos resgatando o festival de dança da cidade e, para isso, começamos com esta Mostra, que já é sucesso de público. Nosso objetivo é que o evento, um dia, possa representar para Rio das Ostras o mesmo que o Jazz & Blues, tanto na questão de repercussão nacional quanto no aquecimento da economia local”, falou o prefeito.
APRESENTAÇÕES – No primeiro dia, a Companhia Brasileira de Dança, de Niterói, foi aplaudida de pé, trazendo para o palco Dom Quixote, um destaque do repertório do grupo. A Cia Foccus, do Rio de Janeiro, homenageou o Rei Roberto Carlos com quase 90 minutos de apresentação. O espetáculo propôs uma reflexão sobre o romance, abordando a questão do preconceito homo afetivo. Forró, dança do ventre, xote, tango, clássico, entre outros, estavam na programação que agradou o público de todas as idades.
Depois das duas apresentações do Flash Mob, que reuniu centenas de participantes na Praça São Pedro, o público vibrou com a Batalha de Danças Urbanas, com vencedores premiados em duas categorias. O B-Boy Russo venceu a batalha de Breaking e Ana Carolina a categoria All Style. As apresentações de Dança de Rua foram encerradas pelo coreógrafo Fly que levantou a plateia com várias brincadeiras.
Para Cosme dos Santos, presidente da Fundação de Cultura, o evento foi um sonho realizado. “Há meses preparávamos esta Mostra e já sabíamos destes desafios, pois era a ressurreição de um evento que há anos não acontecia e que a população esperava ansiosa. A resposta é esta, o sucesso de público”, conta.
OFICINAS – A Fundação Rio das Ostras de Cultura ofereceu oficinas gratuitas durante a Mostra de Dança. No dia 15, aconteceu a oficina de balé clássico, com o bailarino Edson Luiz Farias, da Cia Brasileira de Ballet Edson Luiz Farias. Dia 16, a oficina de dança contemporânea lotou o Centro de Formação Artística. O bailarino Diego Cruz, da Companhia Brasileira, de Niterói, ministrou a aula.
TURISMO – A Secretaria de Turismo informou que os hotéis e pousadas tiveram a taxa de ocupação de quase 90% durante o feriado. Segundo a secretária de Turismo, Carla Ennes, eventos nos feriados colaboram para atração de mais visitantes ao município.
“A Fundação de Cultura e a Secretaria de Turismo caminham juntas. Articulamos muitos projetos em parceria para que nossos moradores e turistas apreciem não apenas nossas belezas naturais, mas o potencial artístico de nosso povo”, contou.
PRÓXIMAS APRESENTAÇÕES – Devido a forte chuva que caiu neste domingo, 17, durante a Mostra, alguns grupos não puderam se apresentar. Em breve, a Fundação de Cultura informará os dias e horários das apresentações destes artistas.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.