Taxa de ocupação do setor hoteleiro é a maior dos quatro últimos anos

Cerca de 90% dos leitos dos hotéis do município estão ocupados até o fim deste mês

O setor hoteleiro está em alta em Rio das Ostras. A maior parte dos estabelecimentos está ocupada até o fim deste mês e os hotéis e pousadas já começaram a fazer parte das reservas para o carnaval.

"É o melhor movimento dos últimos quatro anos, desde que abri a pousada. Estou com a ocupação de 100% desde o Réveillon", disse Mariney Lontra, proprietária da Pousada Mar y Lago.

Para a empresária, Rio das Ostras está sendo descoberta pelos turistas, inclusive estrangeiros, que antes optavam por cidades vizinhas. "Não tenho dúvidas de que a divulgação dos investimentos em infraestrutura e as notícias positivas sobre Rio das Ostras na mídia atraem turistas que querem saber que cidade é essa que cresce tanto", explicou.

         Monique de Mello, do Hotel Vilarejo, também afirma que o movimento é o melhor desde a inauguração do hotel, há quatro anos.  A empresária atribui o sucesso à consolidação do estabelecimento. "Nós estamos crescendo dia a dia e Rio das Ostras vai ficando mais conhecida com o passar do tempo", disse Monique.  Segundo ela, a taxa de ocupação do hotel até o fim de janeiro é de 90%.

         De acordo com o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Alan Machado, 90% dos três mil leitos disponíveis na cidade estão ocupados, e esta é a maior taxa dos últimos quatro anos. O secretário destacou que o bom momento está ligado aos investimentos em infraestrutura feitos na última gestão, como o Projeto Reviver, e afirmou que os resultados se refletem na qualidade das praias e no conforto do turista.

As parcerias com empresários também aumentaram o potencial turístico de Rio das Ostras. "O hoteleiros começaram a se organizar e trabalhar junto aos agentes de viagem. Sem dúvida, essa iniciativa já está trazendo retorno para o setor", explicou Alan.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.