Rio das Ostras representa o Brasil em Cuba

Rio das Ostras representa o Brasil em congresso internacional de pedagogia em Cuba

Educadores riostrenses apresentam projetos de sucesso  em evento realizado em Cuba. 

Servidores da área de saúde visitam o país para   intercâmbio de conhecimentos

O Comitê Científico da Universidade de Cuba selecionou dois dos principais projetos desenvolvidos pela rede de ensino municipal de Rio das Ostras para apresentação no 11º Congresso Internacional de Pedagogia de Havana. O evento acontece entre os dias 25 e 30 de janeiro e contará com a participação de representantes de vários países, entre eles, o prefeito Carlos Augusto. "A seleção dos projetos desenvolvidos por Rio das Ostras dentre tantos outros de diferentes partes do mundo é a confirmação de que o nosso trabalho na educação atinge a excelência, o que nos deixa muito felizes," destacou o prefeito.

Entre os projetos escolhidos está o da 1ª Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente de Rio das Ostras, que será apresentado no dia 28 pelas coordenadoras do Núcleo de Educação Ambiental (Neam) do município, Cláudia Corrêa e Selma Nunes.

Na exposição do tema, as coordenadoras vão falar sobre as principais conquistas alcançadas na área ambiental a partir da conferência e dos novos desafios a serem atingidos pela cidade nesse setor. "A partir desse trabalho, estamos conseguindo fomentar novas políticas públicas de meio ambiente em Rio das Ostras, como as hortas orgânicas nas escolas e, principalmente, a participação mais efetiva dos jovens e crianças em nossos projetos ambientais", pontuou Cláudia, que também destacou um dos grandes diferenciais da conferência ambiental de Rio das Ostras, que é a sua amplitude, visto que envolve toda a comunidade e é realizada com alunos da educação infantil ao ensino médio.

O projeto pedagógico desenvolvido pela Casa da Educação será apresentado no dia 29 pela coordenadora pedagógica do município, Márcia Corrêa, que falará sobre a formação inicial e continuada de educadores.

Essas metodologias – algumas delas desenvolvidas a partir de conhecimentos obtidos no último congresso de pedagogia de Cuba, em 2007 – já renderam várias conquistas para rede municipal de ensino de Rio das Ostras. Uma delas foi a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), avaliado pelo MEC. "Passamos de 24º no início de 2005 para 3º em 2007", comemorou a pedagoga.

Saúde também é prioridade – A  agenda da viagem também incluirá visitas a centros educacionais e a unidades de saúde que hoje são referência em todo o mundo. "Cumprimos nossa meta inicial de oferecer serviços de qualidade de alta complexidade e reduzir de imediato a mortalidade. Ao mesmo tempo, investimos na atenção básica e implantamos o Programa Saúde da Família. A meta da Prefeitura é ampliar o programa em 2009 e a experiência de Cuba é fundamental para tornarmos nosso programa uma ferramenta eficiente de promoção de saúde", disse o secretário de Saúde Sérgio Manhães.

Na opinião da subsecretária de Saúde, Vilma Teixeira, apesar de a realidade de Cuba ser diferente do município de Rio das Ostras é interessante conhecer a experiência do sistema cubano. "Cuba tem um forte trabalho preventivo, com métodos específicos que lhes resulta os melhores índices de saúde do mundo", afirmou a subsecretária.

O diretor da Vigilância Sanitária, Leônidas Heringer, também destacou a oportunidade de troca de experiências. "O trabalho de combate à dengue que realizamos em Rio das Ostras é inspirado nas ações preventivas contra a doença realizadas em Cuba, envolvendo a população. Essa visita nos possibilitará aprimorar nosso serviço", conclui.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.