Rio das Ostras poderá se beneficiar pela lei de redução de ICMS

Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico irá discutir a proposta com os municípios que não foram favorecidos pela lei

O secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro, Júlio Bueno, afirmou que vai avaliar a possibilidade de Rio das Ostras ser beneficiada pela lei de diferenciação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que prevê a redução do tributo para 2% em 31 municípios do Estado.

Bueno vai agendar um seminário com as cidades que ficaram de fora do benefício para discutir uma solução para o problema. O encontro foi acertado ontem, dia 8, durante uma reunião com subsecretário de Turismo, Indústria e Comércio de Rio das Ostras, Roger Vilela.

– Conhecemos da vocação turística de Rio das Ostras, mas precisamos ter atrativos para trazer mais empresas à cidade, promovendo geração de emprego e renda para todos – argumentou Roger, lembrando que hoje o ICMS local é de 18%.

O secretário de Estado comentou que a grande proximidade de Rio das Ostras com as cidades beneficiadas pela lei atrapalha na atração de novas empresas. No entanto, não considera correto que empresas ligadas ao petróleo, com vida útil limitada, sejam favorecidas.

– Vamos encontrar uma solução que atenda a todos – afirmou  Bueno.

VISITA A RIO DAS OSTRAS – Na reunião, também ficou acertada uma visita do secretário de Desenvolvimento Econômico a Rio das Ostras no dia 21 de março. Na oportunidade, Bueno se reunirá com empresários e representantes do poder público local para estreitar o relacionamento entre o governo do Estado e o empresariado do município.

Durante a vinda do secretário à cidade, a Prefeitura também irá lançar o Plano de Gestão Ambiental da Zona Especial de Negócios (ZEN) e entregar o termo de cessão de posse à Aker Kvaerner. A medida visa construir a  nova fábrica de risers, que será instalada na ZEN.

– Também iremos apresentar ao secretário a nossa Zona Especial de Negócios e discutir o apoio do Governo do Estado para a ampliação dessa área, que já está em fase de projeto – concluiu Vilela.  

 FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.