Rio das Ostras intensifica trabalho contra dengue

O trabalho rotineiro de combate ao mosquito transmissor da dengue (Aedes aegypti), realizado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Rio das Ostras, está mantendo a doença sob controle na cidade, apesar do Ministério da Saúde considerar este ano como endêmico. Até o mês de abril foram notificados 52 casos de dengue em Rio das Ostras, mas somente um foi confirmado. No ano passado, o município notificou 55 casos com 23 confirmações e uma morte por dengue hemorrágica.

A doença mostra-se mais intensa a cada quatro ou cinco anos. A última epidemia no Estado do Rio de Janeiro aconteceu em 2002 e, portanto, este pode ser um ano crítico. Em Rio das Ostras, a ação da Prefeitura no combate ao mosquito foi intensificada, desde dezembro de 2005. Em janeiro deste ano, foram contratados mais 42 servidores para trabalhar diretamente na visita domiciliar.

Ao todo, o Departamento de Vigilância Sanitária do município tem 70 agentes de saúde trabalhando diariamente nas visitas domiciliares. Além de ter os imóveis vistoriados, os moradores são orientados sobre a eliminação de focos do mosquito e a utilização do produto biológico que mata as larvas do Aedes aegypti.

Ação abrangente contra a doença

Para manter a doença sob controle, a Secretaria de Saúde realiza um trabalho abrangente: são notificados como casos suspeitos tanto os pacientes que procuram o sistema de saúde, quanto pessoas que apresentam os sintomas, identificadas pelos agentes da Vigilância Sanitária, que visitam as casas e fazem o tratamento com larvicida e eliminação dos depósitos.

Segundo o biólogo Leônidas Heringer, chefe da Vigilância Sanitária, 90,6% das infestações acontece em residências e não em terrenos baldios, como a população teme.

Os agentes de controle de vetores visitam os bairros com foco uma vez a cada dois meses, e os demais bairros uma vez a cada quatro meses.

 

Trabalho de educação

 

Iniciado no ano passado, o trabalho de conscientização feito pelos agentes de saúde de Rio das Ostras, retornou com força total em 2007. Na quarta-feira, dia 18, a equipe do Departamento de Vigilância em Saúde, esteve na sede da Associação de Moradores de Cidade Praiana, Cidade Beira-Mar e Jardim Miramar para conversar com os alunos do Projeto Jovem Consciente – Água, Vida e Cidadania sobre a Dengue.

Os agentes de saúde falaram sobre a biologia do mosquito, apresentaram uma maquete onde simularam situações de risco e levaram parte do laboratório para mostrar as fases do mosquito.

Segundo Amarildo Rios, responsável pelo programa de conscientização, este trabalho junto à comunidade é muito importante, porque o controle da Dengue não depende somente das ações públicas, mas principalmente da participação da população. "Com mais profissionais trabalhando, estamos fechando um calendário para visitar as escolas do município. Esse trabalho de formação de multiplicadores é fundamental para o controle da doença", disse.

A próxima palestra acontecerá no dia 3 de maio, na Escola Municipal João Bento Duarte, no Nova Esperança.

População deve permanecer atenta

É importante lembrar que o combate ao mosquito depende da consciência e colaboração de todos os moradores. A população deve receber os agentes de saúde, ouvir e seguir suas recomendações tanto para eliminação dos possíveis criadouros – como pneus, garrafas, pratos de plantas, entre outros – quanto para o uso do produto biológico, aplicado sem risco à saúde de pessoas ou animais, de eliminação das larvas.

Os moradores podem evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti verificando semanalmente a existência de novos criadouros do mosquito e eliminá-los, tratar e manter protegidos os reservatórios que não podem ser eliminados, como as caixas d´água, além de manter o frasco do produto biológico bem tampado e armazenado, devolvendo aos agentes os frascos vazios.

Carro Fumacê no seu bairro

Na próxima semana a Secretaria de Saúde começará a executar um cronograma do carro fumacê, que combate a fase alada do Aedes aegypti.

Na segunda e terça-feiras, dias 23 e 24, o fumacê passará em todo Centro da Cidade; na quarta e quinta-feiras, 25 e 26, o trabalho será feito do Praia Âncora; e na sexta-feira e sábado, dias 27 e 28, o carro passará em Cidade Praiana.

O trabalho será intensificado e cumprirá um cronograma de bairros a ser atendidos.

FONTE: SECOM – PMRO.
 
 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.