Prefeito Carlos Augusto busca sensibilizar MEC para que as aulas da UFF em Rio das Ostras sejam reto

Carlos Augusto foi a Brasília acompanhado por vereadores da cidade

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, esteve em Brasília nesta quarta-feira, 4 de janeiro, com o objetivo de solicitar ao Ministério da Educação (MEC) que as aulas do pólo da Universidade Federal Fluminense (UFF) sejam reiniciadas o mais rápido possível no município.

O prefeito, que estava acompanhado pelo presidente da Câmara, Carlos Afonso e pelos vereadores, Alberto Moreira Jorge e Alcemir Jóia, foi recebido pelo ministro interino da Educação, Jairo Jorge. O encontro também contou com a presença do representante do MEC no Estado do Rio, Willian Campos, do secretário de ensino superior, Sérgio Maculan, além do reitor da UFF, Cícero Mauro Fialho Rodrigues e o deputado federal Alexandre Santos.

Na opinião do prefeito, a reunião foi muito positiva, já que ele acredita que conseguiram sensibilizar os representantes do MEC sobre a necessidade de que as aulas sejam retomadas rapidamente no pólo de Rio das Ostras. “Estamos confiantes e trabalhando muito para que a UFF permaneça em nosso município para toda a vida”, comentou Carlos Augusto.

Uma das conquistas asseguradas durante o encontro pelo prefeito foi o compromisso de o MEC destinar professores à UFF de Rio das Ostras, que hoje conta com cerca de 100 educadores. Segundo Carlos Augusto, o ministério se comprometeu a enviar a cada ano 25% do corpo docente da universidade até atingir sua totalidade. “O Diário Oficial da União publicou no final de 2005 que o Ministério destinará 20 vagas para professores da UFF de Rio das Ostras. Esta foi uma vitória nossa diante de muita persistência”, comemorou o prefeito de Rio das Ostras, prevendo que a situação da UFF na cidade esteja regularizada até o próximo mês.

Segundo o prefeito, a reunião também serviu para um grande progresso na repactuação do valor do convênio, que passa de R$ 52,3 milhões para R$24,5 milhões com um prazo até 2010. “Em novembro fizemos uma proposta à UFF para que esse valor passasse para R$22,5 milhões com prazo até 2009, mas acabamos fechando em cima da contraproposta apresentada pela universidade”, comentou o prefeito, destacando que este será um convênio tripartite, com a participação do município, MEC e UFF. E acrescentou: “É muito importante uma participação mais efetiva do MEC para que o pólo universitário de Rio das Ostras seja permanente”.

No entanto, de acordo com Carlos Augusto, antes disso é necessário que UFF apresente a sua última prestação de contas corretamente para que o município possa fazer o repasse de R$ 2,7 milhões relativo ao primeiro semestre de janeiro de 2005. “Durante a reunião, o reitor da UFF se comprometeu a fazer essa prestação de contas o mais rápido possível”, comentou o prefeito, lembrando que o Tribunal de Contas do Estado, que havia determinado a suspensão dos repasses à UFF, solicitou que a prefeitura faça os repasses desde que a universidade tenha suas contas aprovadas pelo município.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.