Parque dos Pássaros celebra 9 anos nesta sexta

Árvore de Natal ecológica, apresentações de corais e galeria de arte temática estão na programação do dia 20

Em 2004, a Prefeitura de Rio das Ostras inaugurou um espaço especial de preservação ambiental, lazer e contemplação. No próximo dia 20, o Parque dos Pássaros celebra seus 9 anos com uma programação aberta ao público. Apresentações de corais da Cidade, galeria de obras de arte com material reciclável e inauguração de uma árvore de Natal ecológica, confeccionada com garrafas pet, fazem parte da festividade programada para começar às 20h.
Rio das Ostras aproveita os festejos natalinos para promover a conscientização ambiental. A árvore de Natal ecológica, montada com embalagens de refrigerantes brancas e verdes, foi criada para despertar na população o hábito da reciclagem como forma de contribuir para uma Cidade ambientalmente sustentável. O símbolo natalino foi construído por servidores da Divisão de Capacitação e Educação, da Secretaria do Ambiente, Agricultura, Sustentabilidade e Pesca, e das artesãs da ONG Maré.
Quem gosta de canto coral poderá apreciar a musicalidade dos grupos Som da Pessoa, formado por servidores municipais, Eklektos, coral da 1ª Igreja Batista do Marilea, e o coral da Paróquia Nossa Senhora da Conceição.
A galeria temática ficará aberta até 6 de janeiro, expondo desde pequenos objetos decorativos até quadros.
PARQUE DOS PÁSSAROS – O Parque dos Pássaros é uma Unidade de Conservação (UC) municipal instituída com o objetivo de preservar um conjunto de áreas que servem de abrigo para a reprodução de espécies de pássaros ameaçadas de extinção. Nele, os visitantes podem observar os pássaros, outras espécies animais e a vegetação característica da restinga, ao percorrer suas trilhas ecológicas. O Parque também conta com um dos maiores viveiros do Brasil, com 48 mil m3, que inclui réplicas de ecossistemas do Bioma da Mata Atlântica e abriga aproximadamente 162 aves da região Sudeste do Brasil. A unidade fica ao final da Rua Petrópolis, no Jardim Mariléa.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.