Mostra artística do Parque dos Pássaros é prorrogada

Criações com material reciclado reproduzem pássaros e outros animais

Com papelões, garrafas PETs e outros materiais reciclados, o artista Waderson de Almeida, o “Son”, dá vida a espécies de pássaros comuns no Brasil como tucano-de-bico-preto, tiê fogo, arara, viuvinha, joão-de-barro e carcará. Parte dessas criações pode ser conferida na mostra “Reino Animal”, que inaugurou neste fim de semana, dias 28 e 29, as atividades culturais do Parque dos Pássaros. Com o objetivo de dar oportunidade a mais pessoas de conhecerem as peças, que incluem ainda outros animais como cobra, onça, jacaré, tatu-bola e anta, a exposição foi prorrogada até o próximo domingo, 5.

O casal Leibenites e Antônia de Souza visitou a mostra e ficou encantado com as criações de Son. “Achei que fossem animais empalhados, tudo está muito bonito”, afirmou o aposentado, que mora no Jardim Mariléa. “Com essa mostra podemos observar que grande parte do material que é descartado, destruindo a natureza, pode ser transformado e se tornar útil”, elogiou a dona de casa Antônia.

“Comecei há dois anos a realizar esse trabalho com material descartado, como forma de alertar sobre a importância de se preservar a natureza. Entre as espécies expostas está até a ararinha azul, ave extinta na natureza que só existe hoje em cativeiro”, afirma Son.

         A mostra faz parte do projeto “Natureza e Arte”, uma programação de eventos abertos a moradores e turistas que valoriza artistas locais e, ao mesmo tempo, incentiva a educação ambiental.O Parque dos Pássaros fica na Rua Petrópolis, s/nº, no Jardim Mariléa.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.