Hospital Municipal de Rio das Ostras completa um ano de atividades

O Hospital Municipal de Rio das Ostras (HMRO) comemorou um ano de atividades no dia 8, com a presença do prefeito Carlos Augusto.

Com uma festa simples, a subsecretária de Saúde, Dra. Vilma Teixeira reuniu funcionários e corpo técnico para festejar os bons resultados desta unidade, que recebeu em 12 meses mais de dois mil pacientes.

Durante este primeiro ano, o Hospital de Rio das Ostras foi mantido integralmente com recursos do município, funcionando 24 horas com atendimento de pediatria, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, anestesista e clínico geral.

O Hospital Municipal conta com 13 leitos de clínica médica, 13 leitos de pediatria e 10 leitos de obstétrica – desses dois são destinados a Unidade Intermediária – e realizou até outubro deste ano 2.064 internações e 640 partos. Também foram realizados 16.553 exames laboratoriais, 2.448 ultra-sonografias e 3.635 raios X.

Construído para ser um hospital de pequeno porte, o HMRO tem 7.800m² de área construída e realiza além de partos, cirurgias eletivas (marcadas com antecedência) e atende pacientes que necessitem de internações básicas. A área de UTI – Unidade de Tratamento Intensivo – é composta por seis leitos que, em breve, já estarão funcionando, mas um convênio foi assinado pela Prefeitura com o Hospital de Macaé para não deixar pacientes de Rio das Ostras sem atendimento adequado.

A equipe de servidores do hospital é composta de cerca de 250 funcionários, incluindo médicos, paramédicos e servidores administrativos.

Para o próximo ano, o prefeito Carlos Augusto já garantiu o funcionamento da UTI do HMRO, através de um convênio para aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o Hospital. A aquisição é resultado de uma emenda parlamentar apresentada pelo deputado federal Edson Ezequiel (PMDB-RJ), no valor de R$ 390 mil, e aprovada pela Câmara Federal.

Os equipamentos – respirador, desfibrilador, selador e cardioversor – serão destinados a UTI do Hospital. Segundo o prefeito Carlos Augusto, há um grande empenho da administração pública para que o hospital entre em funcionamento pleno o mais rápido possível. “Estamos buscando recursos junto ao Governo Federal para que possamos oferecer aos nossos munícipes uma saúde cada vez melhor e com mais qualidade”, disse Carlos Augusto.

FONTE: SECOM – PMRO

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.