Grupo de Rio das Ostras ganha prêmios em festivais de teatro

Com a montagem do esquete “Philip Glass compra pão”, de David Ives, o grupo riostrense Nós em Meio ao Caos está conquistando vários prêmios.
Levou os troféus de Melhor Esquete e Melhor Direção do Festival de Esquete Elba de Holanda, no Rio, em novembro. Venceu na categoria Melhor Esquete e ainda ganhou o Prêmio Especial de Júri pelo trabalho de pesquisa do som no Festival de Esquete de Niterói, em dezembro. Mês passado foi a vez de sair do Festival de Esquete de São João da Barra com os troféus de Melhor Esquete, Melhor Maquiagem e Melhor Concepção Sonora.

A direção da peça é do ator Ritcheli Santana, professor e ex-aluno do Centro de Formação de Música, Dança e Teatro, unidade da Fundação Rio das Ostras de Cultura. “Conheci este texto quando ainda estudava no Centro e sempre tive vontade de montá-lo”, afirma. “A história trabalha muito a questão corporal, da expressividade e da voz, já que fala de um compositor. E está sendo muito interessante receber não apenas prêmios como melhor esquete, mas também pela pesquisa e concepção sonora”, completa Ritcheli, contando que  trabalharam na montagem do esquete, com 13 minutos de duração, durante três meses.

Participam do esquete Fernando Fintelman, como Philip Glass, Henrique Haddefinir e Lorenzo Prucolli, que atuam como padeiro, Gil Bernardo e Mariana Duarte, ambas vivendo a Mulher 2, e Marcela Jorge, intérprete da Mulher 1.

 

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.