Emoção e fé na recepção dos símbolos sagrados da JMJ em Rio das Ostras

Centenas de jovens saíram em carreta do Serramar até o Âncora levando a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora

Nem o sol forte que tomou conta do ceú de Rio das Ostras afastou os jovens e fiéis que participaram do evento “Bote Fé Rio das Ostras”, no último sábado, 11; uma prévia para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), evento católico que acontece no Rio de Janeiro, em julho, com a presença do Papa Francisco. O prefeito Sabino acompanhou o trajeto ao lado dos integrantes da Pastoral da Juventude da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
A carreta com os símbolos sagrados da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, foram transportados por uma caminhonete do Corpo de Bombeiro, com a presença do Padre Manoel, da Igreja São Benedito. Eles seguiram pela Rodovia Amaral Peixoto, onde foram aplaudidos pelo público que aguardavam à margem da rodovia com bandeirolas e em frente a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, no Centro da Cidade.
À medida que a carreta passava, centenas de fiéis paravam para saudar o momento de fé. Eles seguiram até a Igreja São Benedito, no Mariléa, onde fiéis também aguardavam a passagem dos símbolos. Na ocasião o Padre Manoel rezou um “Pai Nosso” e a carreta prosseguiu pela Rua Niterói até a Igreja São Jorge, no Âncora.
A riostrense Ediceia Gomes da Silva, demonstrou sua fé, pedalando do Serramar até o Âncora, cerca de 10 quilômetros, sem mostrar cansaço. Segundo ela, que a conduziu pelo percurso foi Nossa Senhora, portanto não percebia a distância. Ediceia também se prepara para ir às comitivas de fiéis que vão a Aparecida do Norte, em São Paulo, onde espera ver de perto o Papa Francisco. Já a sobrinha Viviane Gomes, acompanhou o ato de fé de carro, mas também pretende ir a Aparecida ver o Sumo Pontífice.
Chegando à rua da Flores todos desceram dos veículos e oficialmente o Padre Toni, de Casimiro de Abreu, entregou os símbolos sagrados ao Padre Manoel da Igreja São Benedito e ao prefeito Sabino, que se juntou aos guardiães dando início a caminhada até o Centro da Cidadania, no Âncora.
Em clima de muita festa e de muita alegria os jovens, os Padres Alexandre, Manoel e representantes da Diocese de Nova Friburgo foram cantando e pedindo o fim da violência , da guerra, e clamando pelo direto de ter uma família, de estudar, da desesperança e convidando a população riostrense a cantar à vida.
Ao chegar no Centro da Cidadania , por volta das 12h , os fiéis foram recebidos com fogos, anunciando a chegada dos símbolos da Jornada. O prefeito Sabino , como representantes do município de Rio das Ostras agradeceu a oportunidade de participar desse ato de fé cristã e parabenizou os jovens, que serão os representantes da nação no futuro. Emocionado, ao descer Sabino também beijou a Cruz.
O Padre João rezou com os jovens em seguida foi rezado o terço. A Cruz e o Ícone de nossa Senhora ficou até as 15h, no Âncora, quando centenas de fiéis formaram fila para beijar e louvar os símbolos. Depois seguiram até o Parque de Tubos, em Macaé, onde os símbolos foram entregues ao Padre Alexandre Guido. No domingo, dia 12, por volta das 15h, os símbolos sagrados chegaram a Campos dos Goytacazes.
O evento “Bote Fé” foi realizado pelas Paróquias Nossa Senhora da Conceição e São Benedito, com apoio da Prefeitura de Rio das Ostras e do Convention & Visitors Bureau.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.