Carlos Augusto fecha parceria com Cuba na área de saúde

Voluntários virão a Rio das Ostras atuar em saúde básica. Prefeito reuniu-se com Ministério da Saúde para discutir intercâmbios

 

O prefeito Carlos Augusto se reuniu nesta terça-feira, dia 27, com o diretor do Ministério da Saúde e Relações Internacionais de Cuba, Nestor Maremón, para discutir a possibilidade de intercâmbios de Rio das Ostras com o governo cubano. O encontro teve ainda a participação do representante da Universidade de Cien Fuegos, Cícero Marcolino, com quem Carlos Augusto está organizando a vinda de um grupo de voluntários a Rio das Ostras para atuação na área de saúde básica.

Na reunião, o prefeito também foi convidado para conhecer algumas unidades médicas em Havana, que são consideradas referência em todo o mundo, como os centros de tratamento para o vitiligo e para a retinose pigmentar.

         "Esta é uma experiência que vem dando certo em outros lugares do Brasil e pretendo trazê-la para Rio das Ostras com o apoio do governo cubano e do Ministério da Saúde de nosso país", disse o prefeito.

Promoção de Saúde – Os voluntários da saúde fazem parte da Brigada da Solidariedade, ligada à Universidade de Cien Fuegos.  É formada por brasileiros que estudam medicina em Cuba e contam com o incentivo do governo daquele país, para promover a mobilidade social e colaborar para a melhoria da saúde básica no Brasil.

"Nós nos colocamos à disposição de Rio das Ostras por duas semanas para auxiliar a cidade no levantamento epidemiológico, geográfico e na vigilância sanitária", explicou Cícero Marcolino, integrante da Brigada.

Também participaram da reunião a subsecretária de Saúde, Vilma Lima, o diretor do Hospital Municipal, Percival Machado, a assessora responsável pelos programas de Saúde, Therezinha Loureiro, além da secretária de Bem-Estar Social, Márcia Almeida.
 
FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.