Câmara Municipal de Rio das Ostras concede títulos de Cidadão Riostrense

Sessão Solene foi realizada pelos 21 anos de Emancipação Político-Administrativa do município

Em clima de festa, dezenas de pessoas participaram na noite da última quinta-feira, dia 11, da Sessão Solene Comemorativa ao 21º Aniversário de Emancipação Político-Administrativa de Rio das Ostras. Participaram da solenidade o prefeito Sabino, o vice Gelson Apicelo, o presidente da Câmara, Alzenir Pereira Melo, e demais vereadores, além do prefeito de Casimiro de Abreu, Antônio Marcos, o presidente do Legislativo daquele município Alessandro Macabu, o deputado estadual Marco Figueiredo, entre outras autoridades.

Ao todo, 26 pessoas receberam o Título de Cidadão Riostrense e de Cidadania Riostrense por Mérito Municipal, oferecidos pelos 11 vereadores. Entre os homenageados da noite estavam três secretários da atual administração a de Bem Estar Social, Rose Santos, de Obras, Wayner Fajardo e de Transportes Públicos, Edson Luiz Pereira. O deputado estadual Marco Figueiredo recebeu uma Moção de Aplausos.
Em seu discurso de abertura, o presidente da Câmara, Alzenir Pereira Melo, agradeceu a presença de todos e ressaltou que o Legislativo atua em parceria com o Executivo na luta pelo crescimento do município.
“Confiamos no Prefeito e nessa população, que ao longo desses anos, lutam pelo desenvolvimento de Rio das Ostras”.
Sabino destacou a importância de os moradores não se esquecerem da história da cidade, que começou ainda em Casimiro de Abreu. O prefeito lembrou ainda que essa terra não tem só 21 anos, se levarmos em conta que há mais de três mil anos os Sambaquis da Tarioba já habitavam esse local. Os livros também revelam que o Imperador Dom Pedro, em sua passagem pelo município descansou à sombra da formosa figueira na orla de Rio das Ostras. Segundo ele, a programação de aniversário da cidade oferece essa oportunidade de reviver a bela trajetória do município, valorizando os talentos e a cultura locais.

DESAFIOS E INVESTIMENTOS- Em seu discurso, o prefeito falou ainda do desafio de administrar a cidade com uma dívida herdada de R$ 1.2 bilhão, por contratos da parceria Pública Privada- PPP , além do risco das grandes perdas nos repasses de royalties do petróleo.
“Queríamos investir esse valor em mais escolas, saúde, transporte, segurança. Teremos dificuldade de colocar tudo isso em prática no momento, mas vamos fazer ao longo da administração, como a ampliação do Pronto Socorro e a instalação de uma escola de ensino médio”, disse.
Ele informou ainda que na última quinta-feira, o presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro – EMOP, Ícaro Moreno Junior, esteve em Rio das Ostras visitando uma área que o poder público está cedendo para a construção da escola e de uma Clínica da Família.
“Vamos lutar por uma Rio das Ostras com mais segurança, educação, saúde e transporte. Construiremos uma cidade melhor juntos. Com trabalho, honestidade e o engajamento de todos”, completou.
FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.