Atendimento de emergência de Rio das Ostras aumentou mais de 40%

Além do crescimento populacional, a alta qualidade e novos serviços são responsáveis por essa demanda

Em dois anos, o atendimento de emergência em saúde de Rio das Ostras foi ampliado e reformulado. O Pronto-Socorro Municipal foi reformado e foi inaugurada, em dezembro de 2006, a Unidade de Dor Torácica. O resultado dessas mudanças, somado ao crescimento populacional, foi um aumento de mais de 40% nos atendimentos. A unidade atende cerca de 400 pessoas por dia.

"O salto de qualidade dado pela Saúde atraiu pessoas de outros municípios da região e até da cidade do Rio", explica o secretário de Saúde, Sérgio Manhães.

A demanda aumenta a cada dia, como explica a diretora do Pronto-Socorro, Clícia Lobo.
"De março a abril deste ano, passamos de cerca de 24 mil para quase 30 mil atendimentos. A oferta de novos serviços, como a criação da UDT, implica o aumento de outros, como exames laboratoriais e radiológicos" – destaca a diretora.
 

Mais serviços e profissionais – Buscando se antecipar ao crescimento populacional, a Secretaria de Saúde norteia sua política no incremento dos serviços e na ampliação das equipes. O Pronto-Socorro passou a contar com médico-cirurgião, dentista e ortopedista de plantão 24h e ampliou o quadro de pediatras e socorristas.

A Unidade de Dor Torácica de Rio das Ostras, a primeira do interior do Estado,   e a quarta no serviço público do País, foi um importante marco na Saúde do município e vem salvando vidas. Nos últimos dois meses, a UDT atendeu mais de 130 pacientes, sendo 11 casos de infarto agudo do miocárdio, com nenhum registro de morte por essa causa.
O novo Pronto-Socorro, ampliado e modernizado, de janeiro ao final de abril já havia atendido quase 40 mil casos. A unidade ganhou uma área específica para atendimento de transtornos mentais e foram ampliados os consultórios médicos e as unidades Intermediária e de Trauma foram ampliados. Além disso, o Pronto-Socorro passou a contar com um posto de coleta de sangue e sala de medicamentos.
 

Resgate – Mantendo sua diretriz de inovação, a Secretaria de Saúde montou uma equipe especial para resgate que utiliza UTI móvel e motocicletas para chegar mais rapidamente aos acidentados. O resgate ágil é determinante para reduzir o risco de morte ou de incapacitação permanente das vítimas.

A criação do Resgate aumentou a quantidade de atendimentos: na semana de aniversário da cidade, de 7 a 15 de abril, o grupo realizou mais de 170 atendimentos.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.