Rio das Ostras se firma como a Capital Nacional do Jazz e Blues

Prefeitura lança projeto para realizar apresentações dos ritmos uma vez por mês

O Rio das Ostras Jazz e Blues Festival está confirmado para acontecer entre os dias 22 e 26 de junho. Mas enquanto isso o público pode se divertir com as atrações mensais gratuitas que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, está realizando com o projeto Rio das Ostras Jazz e Blues o Ano Todo. No sábado, 26, o gaitista Flávio Guimarães levou milhares de pessoas à concha acústica da Praça São Pedro, no Centro.

O músico de 25 anos de carreira enalteceu em público e a iniciativa da Prefeitura em lançar o projeto e realizá-lo ao longo do ano. “Esse projeto cria um diferencial para Rio das Ostras. A Prefeitura e a Azul Produções estão de parabéns por manter esse estilo e fazer da cidade uma referência, não só no Brasil, mas no mundo”, declarou o gaitista.

Flávio Guimarães levou o público ao delírio quando fez uma dupla de gaitas com o músico local Ângelo Nani, que também já se apresentou no Festival de 2010.

Carmem Eleonora, atriz, estava com o esposo Cláudio e o filho Pedro curtindo mais uma apresentação de blues na cidade. “Essa proposta de complementar com atrações mensais o tradicional Rio das Ostras Jazz e Blues Festival é muito válida, pois além de valorizar a música, traz mais receita para a cidade. Vamos acompanhar o projeto o ano todo”, disse a veranista.

Cadastrada no programa Renda Alternativa, Néia Monteiro, moradora de Nova Esperança, conta que acompanha todas as apresentações de jazz e blues em Rio das Ostras por ser “apaixonada pelos ritmos”. A ambulante aprova o projeto Rio das Ostras Jazz e Blues o Ano Todo, pois, segundo ele, ao mesmo tempo em que se diverte, consegue obter uma renda melhor com a comercialização de seus produtos.

Lançado no dia 19 de fevereiro, o Projeto Rio das Ostras Jazz e Blues o Ano Todo tem como objetivo movimentar o município durante todos os meses, aquecendo a economia e consolidando a cidade como a capital nacional do jazz e blues.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.