Rio das Ostras é premiada por tecnologia para tratamento de resíduos

Rio das Ostras recebeu nesta quinta-feira, dia 10, uma homenagem da empresa norte americana Ten Cate, por sua inovação na utilização da tecnologia dos “geo bags” – sistema usado para o tratamento de resíduos biológicos. 
As placas de condecoração foram entregues pelo presidente da empresa, Wally Moore, ao prefeito Carlos Augusto, ao vice-prefeito, Ronaldo Fróes – que recebeu o reconhecimento em nome do secretário de Saúde, Sérgio Carvalho –  e aos secretários municipais Max José de Almeida ( Meio Ambiente, Agricultura e Pesca) e Paulo Villaça (Urbanismo, Obras e Serviços Públicos). 

Segundo Moore, ele e sua equipe fizeram questão de vir ao Brasil para conhecer a utilização dos “geo bags” em Rio das Ostras, visto que este é o único município no mundo que faz uso da tecnologia para o tratamento de dois resíduos diferentes – o chorume produzido pelo lixo e os resíduos dos caminhões limpa-fossa. “Essa inovação tecnológica faz de Rio das Ostras um pólo referencial no assunto e estudo de caso em todo o mundo. A cidade  está conseguindo excelentes resultados no tratamento do chorume por meio desse sistema, o que é um grande diferencial”, argumentou o presidente da Ten Cate, empresa fabricante dos “geo bags” nos Estados Unidos.

De acordo com ele, Rio das Ostras vem alcançando resultados muito satisfatórios no tratamento do chorume, o que contribui bastante  para a preservação do meio ambiente, em especial do lençol freático do município. Como exemplo, ele cita a Demanda Química de Oxigênio (DQO) concentrada no chorume antes de ele ser processado pelo “geo bag”, que é de três mil DQO. Depois de tratado, esse resíduo passa a ter uma concentração de 35 DQO, pouco mais da metade do valor exigido pela legislação ambiental em vigência, que é de 60 DQO.

CAMINHO CERTO – Na opinião do prefeito Carlos Augusto, que acompanhou o grupo de empresários na visita ao Aterro Sanitário e à Estação de Tratamento de Esgoto no Âncora, o interesse dos especialistas comprova que Rio das Ostras está no caminho certo no tratamento de resíduos. “Acabamos virando referência mundial por adotarmos uma única estrutura para tratar o esgoto e o chorume. As pessoas se surpreendem com a forma que nós nos servimos dessa inovação de maneira responsável e eficaz, preservando, assim, o meio ambiente e a saúde de nossos moradores”, comentou o prefeito.

GEO BAGS – Os “geo bags”, que entraram em funcionamento há sete meses,  operam como um sistema de acondicionamento e desidratação de resíduos de esgoto domiciliar e chorume. A nova tecnologia consiste em grandes sacos feitos de materiais especiais que recebem os resíduos do esgoto levados pelos caminhões limpa-fossa.   A medida está em funcionamento no  Bairro Âncora, onde é feito o tratamento do lodo das estações de tratamento de esgoto,  e no Aterro Sanitário, onde são tratados  os despejos dos limpa-fossas e o  chorume do lixo.

Segundo o diretor do Departamento de Saneamento da Secretaria de Saúde, Aladim dos Santos, de janeiro até hoje, o sistema implantado no Aterro já tratou mais de 28 mil m³ de lodo de esgoto e cerca de 10 mil m³ de chorume. “No Âncora já foram mais de 35 mil m³ de esgoto tratado ”, comentou Aladim.
FONTE: SECOM – PMRO. 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.