Rio das Ostras mobiliza toda a cidade na celebração da Independência

No fim de semana que fechou a programação, Banda Stradah aqueceu o público, com músicas de sucesso

O fim de semana que encerrou a programação da Semana da Independência, Liberdade e Cidadania em Rio das Ostras mobilizou toda a cidade, envolvendo pessoas de todas as idades. Os eventos cumpriram o intuito de levar à população atrações artísticas, culturais e educativas, além da oportunidade de usufruir e conhecer melhor os serviços municipais, aproximando população de poder público.

Algumas pessoas tentaram aproveitar ao máximo a programação, como Alessandra Matiles, que assistiu a todas as atrações culturais, entre peças de teatro, dança, cinema e muita música. “A praia do Centro é muito aconchegante e poder desfrutar deste belo visual assistindo a tantas apresentações de nível fica ainda melhor”, disse Alessandra.

A noite de sábado foi fechada em bom estilo com o show da banda Stradah. A Concha Acústica ficou lotada para prestigiar os “pratas da casa”, que sempre levantam o público. Antes do show, alunos do curso técnico de teatro do Centro de Formação Artística do Município, apresentaram esquetes que levaram ao público uma reflexão sobre a importância do amor à Pátria. À noite, a cantora Débora Fonseca agradou a plateia com seu repertório eclético. No domingo, a Companhia de Ballet Baía Formosa executou as coreografias que mais agradaram o público nos últimos anos.

Além das apresentações artísticas, o final de semana de Rio das Ostras contou com atividades nas escolas, sessões de cinema na rua, com filmes exibidos no Âncora e Centro, Aulão de Ginástica, atendimento ao público pelo programa de Hipertensão e Diabetes, caminhada e passeio ciclístico com ações educativas por meio de panfletagem.

ESCOLAS CIDADÃS – Era cedo quando as escolas municipais abriram suas portas no feriado da Independência, reunindo alunos e professores em atividades como pinturas e dobraduras, sessões de filmes, e apresentações musicais e teatrais. Os pais elogiaram a iniciativa.

“Está sendo muito diferente, um evento inovador acaba atraindo mais a atenção dos meninos. Também me sinto segura em saber que meus filhos estão aprendendo e se divertindo dentro da escola”, relatou Joseane Gomes, mãe de Gabriel e Gustavo Gomes, estudantes da Escola Municipal Maria da Penha Oliveira.

Apresentações da banda marcial da escola e do coral Vozes do Leripe, que reúne alunos de diversas unidades, também agradaram.

Para Gabriel Ricardo, de 8 anos, estudante da Escola Municipal Alberto Jorge, o Brasil precisa de pessoas que cuidem bem dele. “Tenho muito orgulho de ser brasileiro. Assistimos ao desenho “Rio” e parei para pensar quantas coisas legais a gente tem por aqui”.

Natália Noronha fez parte da equipe de professores que preparou as atividades para o feriado. Para ela, o papel da escola vai além de oferecer conteúdo, formando cidadãos mais conscientes. “Não é uma pintura qualquer sobre o papel, nem mais uma musica que cantamos, é um exercício cívico de amor à Pátria que todos nós deveríamos ter”.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.