Rio das Ostras integra projeto de educação no trânsito que participa de catálogo da ONU

Encontro de capacitação para a “Escola Arteris” está sendo realizado no Município para representantes de 13 cidades

Duas unidades de ensino de Rio das Ostras estão participando nesta terça e quarta-feira, dias 25 e 26, da primeira capacitação promovida pela Autopista Fluminense para o Projeto Escola Arteris, de educação no trânsito. O curso, que está acontecendo na Cidade, no Vilarejo Praia Clube, reúne educadores de 13 municípios.

Os participantes representam escolas localizadas nas proximidades do trecho de 320 km da Rodovia BR-101/RJ administrados por essa concessionária. O projeto faz parte do catálogo da ONU de Boas Práticas Corporativas de Respeito e Apoio aos Direitos da Infância – o Pacto Global.

As unidades de ensino de Rio das Ostras inseridas nos projetos educacionais da Autopista Fluminense são as escolas municipais Henrique Sarzedas, localizada em Rocha Leão, e Trindade, em Cantagalo. Pelo quarto ano consecutivo, a Henrique Sarzedas integra outro programa da Autopista, o “Viva Meio Ambiente”, por meio do qual conquistou, em 2013, os primeiros lugares do Concurso de Desenho nas categorias Infantil e Anos Iniciais.

“Inserimos a questão ambiental dentro dos projetos didáticos desenvolvidos na escola, que tem sempre conquistado prêmios no Programa Viva Meio Ambiente. Agora vamos participar desse novo projeto, voltado para a promoção de um trânsito humanizado, que vai contar com cinco concursos. Nossos alunos, com certeza, participarão de todos eles”, afirma Rosimeri Nogueira da Mota, diretora da Henrique Sarzedas.

CONSCIENTIZAÇÃO – Durante os dois dias de capacitação, os representantes de 34 unidades de ensino dos 13 municípios trocam experiências e conhecem o conteúdo do Projeto Escola para o ano de 2014. Os educadores também vivenciam situações enfrentadas no trânsito, a fim de desenvolverem soluções responsáveis para solucioná-las.

Para o diretor superintendente da Autopista Fluminense, Odílio Ferreira, a atuação da concessionária junto às comunidades do entorno da BR-101/RJ é fundamental. “Nosso objetivo é desenvolver a cidadania em prol de um trânsito mais humano e seguro, com uma constante redução de acidentes na rodovia”, disse.

Além de expandir suas ações de conscientização no trânsito, a Autopista Fluminense também seguirá com as atividades do Programa Viva Meio Ambiente, que está em seu quinto ano de trabalho. O projeto foi premiado pelo Instituto Chico Mendes em 2013, como Ação Socioambiental Responsável. Realizado junto a escolas públicas.

ESCOLA ARTERIS – O Projeto Escola Arteris atua visando a humanização do trânsito por meio da educação e do convívio social. Os educandos, sensibilizados pelas ações realizadas ao longo do ano letivo, retransmitem o aprendizado aos pais, familiares e às comunidades em que vivem.

O Projeto é desenvolvido pela Arteris, companhia do setor de concessões rodoviárias do Brasil que administra 3.250 quilômetros de vias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, por meio de suas nove empresas, entre essas a Autopista Fluminense.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.