Rio das Ostras está livre da Dengue

Enquanto a cidade do Rio de Janeiro sofre com o surto de dengue, Rio das Ostras comemora por não ter nenhum caso da doença confirmado este ano.

A boa notícia foi divulgada pela secretaria de Saúde da Prefeitura de Rio das Ostras, que por meio do Departamento de Saúde Coletiva, mantém um programa contínuo de Combate à Dengue no município, com visitas periódicas aos imóveis.

Apesar dos excelentes números, a secretaria de Saúde ainda intensificou as atividades de controle da Dengue no período da alta temporada, com trabalho nos fins de semana, chegando a visitar cerca de 1.200 imóveis. Para isso, a prefeitura disponibilizou mais de 20 servidores que estão trabalhando no tratamento espacial UBV – Ultra Baixo Volume em todos os bairros da cidade.

Segundo o secretário de Saúde, Sérgio Carvalho, este trabalho contínuo foi fundamental para que Rio das Ostras estivesse hoje nesta situação. “Apesar de estamos muito próximos do Rio de Janeiro, estamos conseguindo manter o município livre da dengue. Estamos intensificando este trabalho de visitação domiciliar agora na alta temporada para conseguir atingir os imóveis dos veranistas e garantir o sucesso do combate à dengue em Rio das Ostras”, explicou o secretário.

O trabalho de visitação aos imóveis, identificando possíveis criadouros do mosquito transmissor da doença (Aedes aegypti), orientando e conscientizando os moradores sobre a prevenção da Dengue e o tratamento dos criadouros, com a aplicação do produto biológico que elimina as larvas do mosquito, é o grande motivo para que Rio das Ostras não tenha casos da doença. Mas a participação da população é fundamental para que a cidade continue com estes índices.

A população deve receber os agentes de saúde, ouvir e seguir suas recomendações tanto para eliminação dos possíveis criadouros – como pneus, garrafas, pratos de plantas etc. – quanto para o uso do produto biológico de eliminação das larvas.

A equipe da Secretaria de Saúde reformulou o plano de ação no município, de forma a ampliar a eficiência do trabalho de prevenção à doença. Embora não haja casos de Dengue em Rio das Ostras, há a necessidade de prevenção contínua pela proximidade com o Rio de Janeiro e pelo aumento de população na alta temporada.

Os moradores e turistas podem evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti com cuidados como:

  • verificar semanalmente a existência de novos criadouros do mosquito e eliminá-los, quando for o caso

  • tratar semanalmente e manter protegidos reservatórios que não podem ser eliminados, como as caixas d´água, por exemplo.

  • manter o frasco do produto biológico bem tampado e armazenado, devolvendo aos agentes os frascos vazios.

É importante destacar que o produto biológico pode ser aplicado sem risco à saúde de pessoas ou animais.

Maiores informações pelo telefone (22)2764-6295 – Departamento de Saúde Coletiva.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.