Rio das Ostras coíbe tráfego de veículos em área de preservação

Município une-se a Macaé para conservar o ecossistema adjacente à Lagoa de Imboassica
Representantes das secretarias de Meio Ambiente de Rio das Ostras e Macaé se
reuniram no início do mês para estabelecer ações conjuntas de proteção a
fauna e flora adjacente à Lagoa de Imboassica. O objetivo é coibir o tráfego
de veículos na área de restinga e sensibilizar os usuários quanto ao
respeito a fauna e flora locais. O patrulhamento na região será
intensificado e obstáculos serão colocados na entrada das trilhas, conforme
instrução do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos
Naturais Renováveis).
Entre as ações conjuntas previstas estão o plantio para recuperação da
vegetação de restinga em pontos estratégicos, instalação de obstáculos e
sinalização e intensificação do patrulhamento na região. A parceria com
Macaé é determinante para a preservação da área, uma vez que a maioria dos
usuários das trilhas, na região da praia das Pedrinhas, provém dessa cidade.
As ações atendem a um procedimento administrativo do Ministério Público
Federal.
O acordo entre os municípios foi firmado, no dia 2 de setembro, em reunião
com a presença do secretário de Meio Ambiente Agricultura e Pesca de Rio das
Ostras, Ivan Noé de Freitas, e a diretora de Meio Ambiente, Mônica Linhares;
Márcio Romero Galardo, secretário executivo de Meio Ambiente de Macaé;
Guilherme Sardenberg Barreto, coordenador da Secretaria de Meio Ambiente de
Macaé e Mário Bucker, secretário de Obras de Macaé.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.