Rio das Ostras busca solução para resíduos de comércio ambulante

Proposta da Prefeitura é receber trabalhadores dos mais diversos segmentos para discutir melhorias para a Cidade

Conscientização e respeito à comunidade tem sido uma das propostas defendidas pelo Governo Municipal a fim de proporcionar mais qualidade de vida para quem escolheu Rio das Ostras para viver. Nesta segunda-feira, 13, o prefeito Sabino recebeu no gabinete cerca de 60 vendedores de coco para juntos buscarem soluções para reduzir os resíduos gerados pela atividade e propostas de destinação correta desse material.
O encontro faz parte de uma política de diálogo com a sociedade, implantada pelo prefeito desde o início de sua gestão. Sabino destacou que reuniões serão feitas ao longo do ano com trabalhadores dos mais diversos setores. “Precisamos da conscientização de toda a população, especialmente de quem trabalha e ganha seu sustento no Município, para que tenhamos uma Cidade ainda mais bonita”, destacou, durante o encontro.
Durante a reunião ficou acordado que os vendedores não poderão mudar seu local de atuação, que é previamente definido pela Coordenadoria Municipal de Fiscalização – Comfis, mantendo a organização. Atualmente o Município tem cerca de 2 mil pedidos de concessão para vendedor ambulante.
A proposta é comercializar o coco sem a casca e, após o consumo, armazenar a fruta em sacos plásticos, visando assim reduzir a sujeira ao longo da orla e no Centro da Cidade. Em contrapartida, a Secretaria do Ambiente vai promover o recolhimento dos resíduos duas vezes por dia, evitando o acúmulo do lixo.
Os resíduos produzidos pela venda do coco serão encaminhados para o aterro sanitário. O Município também dará apoio para que esse material restante seja encaminhado à reciclagem, reduzindo assim o impacto ambiental causado.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.