Rio das Ostras abre programação do “Outubro Rosa”

Cidade se ilumina de rosa, integrando movimento internacional para prevenção do câncer de mama

Rio das Ostras participa do movimento “Outubro Rosa” e, ao lado de outros municípios do País, mobiliza a população em torno da prevenção do câncer de mama. A programação, que começa nesta terça-feira, dia 1º, com um seminário, inclui um dia dedicado à realização de exames de mamografia, em 19 de outubro, e termina com uma caminhada no dia 25, no Centro da Cidade. Como é marca do movimento, a cidade vai iluminar, com luz rosa, locais e prédios públicos, para chamar a atenção de todos para a causa e importância da detecção precoce desse câncer, o tipo que mais mata as mulheres brasileiras.
No dia 1º, a Secretaria de Saúde programou um seminário de capacitação sobre essa e outras doenças comuns às mulheres, voltado para os profissionais da rede.
A Secretaria de Saúde reservou o dia 19 para a realização de mamografias e orientações de prevenção. As mulheres serão examinadas pelos profissionais de saúde e vão realizar a mamografia no mesmo dia, no Centro de Saúde da Extensão do Bosque, de 8h às 17h. Serão abertas 100 vagas para os exames, voltados ao público feminino acima dos 40 anos, grupo prioritário. Neste dia, médicos e enfermeiros estarão à disposição das mulheres para tirar dúvidas sobre prevenção e tratamento da doença.
Haverá também atividades educativas, em parceria com o programa DST/AIDS, que realizará testes rápidos para identificação do HIV, para quem desejar.
Uma caminhada fecha a programação no dia 25, mobilizando toda a cidade. A concentração será às 8h30, na Praça José Pereira Câmara, e o grupo segue até a Praça São Pedro. O evento inclui distribuição de folder informativo à população e atividades físicas, como aulas de alongamento.
OUTUBRO ROSA – O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Pode ser combatido se diagnosticado e tratado precocemente. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados.
A cor rosa simboliza esse alerta às mulheres para que façam o exame de toque e, a partir dos 40 anos, a mamografia, pois os riscos aumentam conforme a idade.
O movimento popular que acontece em outubro é internacional. Em qualquer lugar do mundo, a iluminação rosa é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.