Projeto estimula criação de hortas familiares

Horta laboratório foi montada no pólo da Secretaria de Bem-Estar Social em Rocha Leão

 

Com objetivo de facilitar o acesso dos moradores de Rocha Leão a alimentos saudáveis e de baixo custo, a Prefeitura de Rio das Ostras desenvolveu o Projeto de Horta Familiar. A iniciativa inclui apoio técnico e a oferta de mudas aos moradores interessados em cultivar verduras e legumes, de forma orgânica, em suas residências. A princípio, serão beneficiadas 10 famílias já cadastradas nos projetos da Secretaria de Bem-Estar Social.

O projeto é desenvolvido em parceria entre a Secretaria de Bem-Estar Social e o Núcleo de Educação Ambiental, formado por servidores das secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e de Educação.

"O principal objetivo é estimular a agricultura de subsistência e orgânica, dando oportunidade aos moradores de Rocha Leão de ter acesso a uma fonte de alimento saudável. Porém, nada impede que essa produção possa gerar renda a essas famílias", explica a assistente social Maria Teresa Corsi.

No último dia 31 de julho, técnicos do Núcleo de Educação Ambiental falaram à comunidade de Rocha Leão sobre criação das hortas, agricultura orgânica e ecologia. O núcleo já desenvolve o projeto de hortas nas escolas públicas e o de agricultura orgânica no município.

O secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Ivan Noé, ressaltou a importância da educação alimentar, baseada na criação de hábitos saudáveis e de aproveitamento ao máximo do alimento.

Além da criação das hortas, os técnicos da Prefeitura vão oferecer informações sobre ecologia, meio ambiente, segurança alimentar e promover oficinas de reaproveitamento de alimentos.

 Horta sócio-educativa – Como apoio ao projeto, foi criada uma horta laboratório no pólo da Secretaria de Bem-Estar Social na localidade. Essa área de cultivo também será utilizada por portadores de deficiências físicas e mentais atendidos por projetos da Prefeitura, com um caráter sócio-educativo, contribuindo para criar vínculos, responsabilidade e promover a saúde dessas pessoas.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.