Prefeitura orienta moradores sobre animais peçonhentos

Departamento de Proteção Ambiental recolheu uma aranha-marrom em residência

O Departamento de Proteção Ambiental (Depa) da Secretaria de Guarda e Trânsito de Rio das Ostras recolheu na última terça-feira, dia 3, uma "aranha-marrom" em uma residência no Jardim Bela Vista, próximo à Área de Proteção Ambiental da Lagoa do Iriry. De acordo com o sub-tenente Rangel, chefe do Depa, a população deve ficar atenta, não tocar e, se possível, não matar os animais.

"Para evitar o surgimento desses animais as pessoas devem evitar o acúmulo de lixos e entulhos, além de dedetizar a casa regularmente", frisou Rangel.

Segundo Éderson Rodrigues, biólogo do Depa, não é incomum a presença de aranhas, escorpiões, cobras, dentre outros animais peçonhentos e venenosos, em localidades próximas a áreas de proteção ambiental.

 "Quem encontrar essas espécies em casa deve acionar o Depa, que garantirá a segurança dos moradores e levará o animal para seu habitat", afirmou Éderson.  O telefone de emergência do Depa é o 153.

 

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.