Prefeito cobra da Unimed credenciamento de novos profissionais no município

Medida visa beneficiar a população riostrense com o maior número de médicos especialistas

 

Depois de prorrogar o convênio da Prefeitura com a empresa Unimed de Macaé Cooperativa de Trabalho Médico, o prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto Balthazar, está cobrando da empresa um maior número de profissionais especialistas credenciados no município. Essa iniciativa visa ampliar a cobertura de serviços de assistência médico-hospitalar a toda população riostrense.

De acordo com o prefeito, é importante que a cidade ofereça um grande número de profissionais credenciados para que as pessoas conveniadas sejam atendidas com mais qualidade e comodidade. "A cidade está crescendo muito e o número de médicos credenciados é muito pequeno. Para várias especialidades, as pessoas estão tendo que se deslocar para outros pólos. Estamos cobrando da direção da empresa que aumente o número de credenciados para que tenhamos aqui na nossa cidade todas as áreas atendidas", declarou.

Na opinião do presidente da Associação Médica de Rio das Ostras – Assomero, Alberto de Freitas Baldez, a iniciativa tomada pelo Governo Municipal é excelente, embora reconheça que a instituição médica tenha um critério próprio para o credenciamento de novos médicos. "A classe médica conseguiu avanços nesse final de ano com o credenciamento de alguns colegas. No entanto, ainda há necessidades no município de outras especialidades médicas", falou.

Para conseguir o credenciamento junto a Unimed, os médicos precisam cumprir algumas exigências da cooperativa. É necessário preencher um formulário próprio e a apresentação do título de especialista (diploma fornecido por sociedade filiada a AMB ou comprovante de conclusão de residência médica, da carteira do CRM, com comprovante de quitação do CRM), alvará de localização e ISS no seu nome e com endereço de atendimento, INSS (comprovante de inscrição com número e recolhimento atual), PIS (número de inscrição), curriculum vitae, registro do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde) e diploma médico. Além disso, o pretendente tem que ser sócio da Associação Médica de Macaé ou Rio das Ostras por mais de dois anos (declaração fornecida pela associação, inclusive comprovando estar em dia), residir e atuar profissionalmente na área de abrangência da Unimed Costa do Sol (Macaé, Rio das Ostras, Quissamã, Casimiro de Abreu, Carapebus, Conceição de Macabu) por dois anos sendo comprovado por documento oficial (contrato de locação autenticado, conta de luz e telefônica) e não ser cooperado em outra cooperativa de trabalho médico (assinar declaração negativa ou, no caso de transferência, assinar compromisso de desligamento logo após ser aprovado pela Unimed Costa do Sol).


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.