Prefeito Carlos Augusto participa do lançamento do complexo petroquímico em Itaboraí

Durante o evento, Carlos Augusto aproveitou para solicitar ao presidente Lula a instalação de cursos técnicos em Rio das Ostras

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, participou nesta quarta-feira, dia 14, do lançamento da pedra fundamental do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

O evento aconteceu na Fazenda de Macacu, em Itaboraí, na região metropolitana do Rio, e contou com a presença do presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, e do secretário estadual de Energia,Indústria Naval e Petróleo, Wagner Victer, que estava representando a governadora Rosinha Matheus.

Segundo o prefeito, ele fez questão de participar da solenidade que marcou o início da consolidação do Estado do Rio de Janeiro como um pólo petroquímico. “Com a refinaria, o estado do Rio passa a ser não apenas o maior produtor de petróleo do país, como também será responsável pelo produto final, gerando mais emprego e renda para os trabalhadores fluminenses”, argumentou Carlos Augusto.Prefeito Carlos Augusto e o Presidente Lula - Foto Luis Winter.

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL – O prefeito Carlos Augusto, que estava acompanhado do deputado federal Alexandre Santos, aproveitou a presença do presidente Lula no evento para solicitar a ele a implantação de cursos de qualificação profissional em Rio das Ostras com a parceria do Governo Federal. “Precisamos capacitar a nossa mão-de-obra para que Rio das Ostras possa competir de forma igualitária nesse mercado de trabalho que se expande a cada dia no Estado”, comentou o prefeito, dizendo que o presidente se mostrou sensível a sua reivindição.

REFINARIA – O Complexo Petroquímico é o maior projeto individual da história da Petrobrás. A obra prevê investimentos de US$6,6 bilhões e a geração de mais de 200 mil empregos diretos e indiretos. O complexo deve entrar em operação em 2012, com capacidade inicial de processamento de 150 mil barris/dia de petróleo. O projeto prevê ainda a construção de um Centro de Inteligência, em São Gonçalo, que ficará responsável pela formação de mão-de-obra para trabalhar no complexo.

FONTE: SECOM – PMRO.
Foto Luis Winter.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.