Prefeito Carlos Augusto faz balanço positivo de 1 ano de governo

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, se reuniu hoje em uma coletiva com a imprensa, para fazer uma prestação de contas de seu primeiro ano de governo e apresentar os principais projetos da administração pública para 2006.

Durante a entrevista, Carlos Augusto falou sobre os pontos positivos e as dificuldades enfrentadas nesse primeiro ano de trabalho, dizendo fechar o ano de 2005 com um saldo positivo. “Tenho a tranqüilidade do dever cumprido visto que trabalhamos muito este ano para que o município tivesse o melhor. Tenho a consciência que ainda temos muito a fazer e estamos empenhados para isso”, avaliou o prefeito, destacando o emprenho e a dedicação do servidor público nas ações da administração.

O prefeito lembrou que, segundo um relatório divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado este mês, Rio das Ostras aparece em primeiro lugar entre os 92 municípios do Estado que mais fazem investimentos per capita. “Apenas em 2005 investimos R$133,5 milhões, não ficando atrás de nenhum município da região em investimentos”, complementou Carlos Augusto.

REALIZAÇÕES – Entre as principais realizações, ele citou a obra do Sistema de Esgotamento Sanitário, que engloba a Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Jardim Mariléa, além dos emissários terrestre e submarino. Este último deverá ser finalizado em fevereiro, uma obra que elevará Rio das Ostras ao patamar de 1º município do estado com menos de 200 mil habitantes a aplicar esse tipo de tecnologia na área do tratamento do esgoto.

Outros investimentos enfatizados pelo prefeito em 2005 foram a distribuição de água, no qual a administração investiu R$ 10,7 milhões, beneficiando  mais de 10 mil moradores do bairro Liberdade, Centro, parte do Parque Zabulão, entre outras localidades, além das obras de infra-estrutura da Zona Especial de Negócios, que receberam um investimento de R$ 13 milhões este ano. “Essas obras estarão prontas até julho do próximo ano, proporcionando condições para que as empresas se instalem no local promovendo a geração de mais de 4 mil empregos na cidade”, comentou o prefeito, lembrando que a prefeitura também investiu outros R$ 55 milhões em saneamento.

O prefeito destacou ainda que, mesmo as questões delicadas enfrentadas durante o governo durante esse ano, tiveram um final consensual. Ele citou o caso da Universidade Federal Fluminense, que mantém um convênio com o município e não vem recebendo os repasses financeiros por conta de prestações de conta inadequadas. “Entramos em um consenso com a UFF na última semana e, inclusive, conseguimos a redução do convênio que irá de R$ 50 milhões para R$24 milhões com prazo até 2010”, comemorou  Carlos Augusto, comentando que o MEC também irá destinar recursos para o pólo da UFF em Rio das Ostras a partir do próximo ano.

PROJETOS – Para o próximo ano, Carlos Augusto pontua como principal compromisso de governo levar o município a auto sustentabilidade. “A partir de 2015 teremos apenas 15% dos royalties recebidos hoje pelo município, por isso precisamos começar a nos estruturar desde já para que possamos caminhar com as nossas próprias pernas”, prevê Carlos Augusto. Para que isso aconteça, o prefeito disse ter como metas a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano de Rio das Ostras através da legalização fundiária e saneamento básico – distribuição de água, esgoto e tratamento do lixo, além de investimentos em saúde  e infra-estrutura – construção de escolas, creches e áreas de lazer. “Precisamos estruturar a nossa cidade para população em primeiro lugar para que depois possamos atender bem ao nosso turista”.

 

FONTE:  SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.