Petrobras faz simulado de acidente com vazamento de óleo em Rio das Ostras

A Petrobras realizou na quarta-feira, dia 20 de dezembro, um exercício de resposta a incidentes com vazamento de óleo em Rio das Ostras. A simulação aconteceu na praia, entre o bairro Terra Firme e Enseada das Gaivotas, nas proximidades da Unidade de Conservação de Itapebussus.

Participaram do treinamento, oferecendo apoio aos profissionais da Petrobras, cerca de 40 pessoas da Prefeitura de Rio das Ostras, entre os departamentos de Defesa Civil e de Proteção Ambiental da Secretaria de Guarda e Trânsito, e das secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e do Departamento de Serviços Públicos da Secretaria de Urbanismo, Obras e Serviços Públicos.

Cerca de 45 pessoas da Petrobras, entre técnicos de segurança, de meio ambiente e oceanógrafos, entre outros, participaram do exercício, que foi coordenado pelo supervisor da US-AP/CC (Unidade de Serviço – Apoio/Controle de Contingência), Nilson Gonçalves.

Para o diretor do Departamento de Defesa Civil, Werther de Albuquerque Lima, o treinamento é muito importante. “A Defesa Civil é o órgão responsável por acionar os órgãos públicos em casos de acidentes e também tomar as primeiras providências até a chegada dos colaboradores da Petrobras”, explica Werther.

O objetivo do exercício foi treinar as equipes envolvidas no combate a possíveis incidentes. “O objetivo do simulado é, no caso de uma ocorrência real, atender com precisão este tipo de emergência, cuidando da preservação do meio ambiente da melhor forma possível”, disse Nilson Gonçalves.

A companhia simulou o vazamento de 54m3 de óleo da plataforma P-27, localizada a cerca de 170 Km da costa no Campo de Marlim. No treinamento, o óleo é substituído por pipocas de milho – sem adição de sal, açúcar, óleo ou gordura –, produto natural biodegradável e não poluente.

 FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.