Nadador Clodoaldo Silva será o padrinho do Projeto de Paraesporte de Rio das Ostras

A partir de agosto, a Prefeitura de Rio das Ostras dará o pontapé inicial para o projeto de paraesporte, com o início do cadastramento de moradores com deficiência.

Um dos ícones da modalidade, o nadador Clodoaldo Silva abraçou a causa e será o padrinho do projeto, que promoverá ações de inclusão por meio da oferta de diversas modalidades adaptadas a pessoas com deficiência física ou intelectual. Nesta segunda, 8, Clodoaldo gravou um vídeo para divulgar a iniciativa no Município.

Detentor de 13 medalhas olímpicas, Clodoaldo Silva foi o primeiro paratleta brasileiro a ganhar destaque internacional após seu desempenho espetacular nas Paralimpíadas de Atenas, em 2004, quando conquistou seis medalhas de ouro e uma de prata nas oito provas que disputou. Com isso, Clodoaldo entrou para a história da natação paralímpica brasileira, como o maior medalhista da competição.
Para o nadador, tão importante quanto as conquistas, é a visibilidade que tem por meio do esporte, uma vez que dá visibilidade às pessoas com deficiência. “Isso contribui para uma mudança de comportamento em relação ao respeito aos direitos das pessoas com deficiência. Um exemplo é a acessibilidade para deficientes físicos, idosos, gestantes e pessoas com mobilidade reduzida temporária. O grande legado das competições que sediaremos – Copa do Mundo e Olimpíadas – deve ser o respeito às pessoas, que não precisam ser tratadas como coitadas, mas ter apenas oportunidade”, destacou.
A partir de agosto, o Departamento de Paraesporte iniciará o cadastramento de moradores com necessidades especiais. Com a iniciativa, pretende-se fazer um levantamento preciso do número de pessoas e identificar o tipo de deficiência. Para isso, equipes da Prefeitura visitarão as localidades do Município, indo de casa em casa.
Futebol (de cinco e de sete), vôlei, natação, basquete, atletismo, tênis de mesa, vela adaptada e goalball serão as modalidades adaptadas oferecidas pelo Departamento. Além disso, a Prefeitura estuda ainda a implantação do projeto “Acessibilidade é a nossa praia”, que possibilita a pessoas com deficiência física usufruir de atividades de lazer na praia, com a utilização de cadeiras adaptadas (anfíbias) apropriadas para esse fim. “Há muitas pessoas que, por vergonha de sua condição, deixam até de se cadastrar em programas da Prefeitura. Nosso objetivo é mudar esta realidade ao oferecer a oportunidade de socialização através do esporte e do lazer”, explica Alberto Moreira Jorge, secretário de Esporte e Lazer.
ÍDOLOS – O recorde de Clodoaldo somente foi superado em 2012, pelo também nadador Daniel Dias, que começou a praticar esportes inspirado nas conquistas de Silva em Atenas. Por sua vez, um dos ídolos de Clodoaldo na natação é o ex-nadador e campeão mundial Raphael Thuin, que atualmente ocupa o cargo de subsecretário de Esporte e Lazer de Rio das Ostras e foi o responsável pelo convite ao atleta. “Conheço o Clodoaldo há cerca de 10 anos. Ele é um ídolo do esporte mundial, uma referência para pessoas com deficiência. Com certeza vai incentivar muitas pessoas com deficiência a sair de casa e praticar esportes”, observa.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.