Museu Sambaqui da Tarioba é revitalizado por técnicos do Instituto de Arqueologia Brasileira

Já foram retiradas ossadas para restauro em laboratório e em março está previsto o início das obras no interior do prédio

A Fundação Rio das Ostras de Cultura iniciou o projeto de revitalização e otimização do espaço físico do Museu de Sítio Arqueológico Sambaqui da Tarioba, um dos maiores patrimônios históricos do município, com apoio técnico do Instituto de Arqueologia Brasileira (IAB).
Já foram retiradas as ossadas da escavação próxima à rampa de saída do museu pelo técnico em arqueologia Juber de Decco e pela museóloga Denise Chamum para tratamento e restauro em laboratório. As obras de revitalização e otimização do Sambaqui da Tarioba estão previstas para terem início no mês de março.
Segundo Selma Rocha, presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, o museu tem grande importância para a comunidade científica brasileira e do exterior.
“A revitalização tem como prioridades instalar aparelhos de ar condicionado no interior do prédio, refazer a setorização das camadas estratigráficas (faixas de terra que demonstram os diversos períodos de ocupação), higienizar e restaurar o material acondicionado em vitrines, além de aplicar novo design aos painéis indicativos do material que fica exposto”, explica Selma.
Com a retirada dos enterramentos adulto e infantil, cujo trabalho teve início na segunda semana do mês de janeiro, foi encontrada uma ponta de flecha de quartzo sob o crânio da criança a qual será avaliada pelo IAB e futuramente também colocada em exposição no próprio museu.

Exposição – O museu possui uma área escavada na qual aparecem, nas posições em que foram encontradas, ossadas dos sambaquianos. A exposição também conta com objetos de adorno, ostras gigantes e conchas características da ocupação dessa antiga civilização, que habitou a cidade entre 4 mil e 2 mil anos.
Localizado na Rua Dr. Bento Costa Jr., 70 Centro, o museu funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, sábados, das 14h às 18h, e domingos, das 10h às 18h.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.