Moradores recebem atendimento de saúde em casa

Programa de Atendimento Domiciliar atua com equipe multiprofissional, atendendo de bebês a idosos

 

A Secretaria de Saúde de Rio das Ostras promove, desde março deste ano, um serviço diferenciado de atendimento domiciliar. O Padote – Programa de Atendimento Domiciliar Terapêutico presta assistência a pessoas acamadas ou com muita dificuldade de locomoção, sem restrição de idade.

Diferente de outras iniciativas semelhantes, o Padote não beneficia só os idosos, atendendo desde recém-nascidos até pessoas com mais de 90 anos.

A equipe multiprofissional é formada por assistente social, médico, enfermeiro, fonoaudiólgo, fisioterapeutas e, em breve, contará com terapeuta ocupacional.

"Não atuamos em uma faixa etária definida. A equipe vai até aqueles que necessitam, sempre no intuito de ressocializar o paciente, dar a ele uma certa autonomia, apoiando e orientando também quem cuida diretamente dessa pessoa", explica o médico Luiz Eduardo Lima.

E o Programa vem conseguindo grandes resultados. O aposentado Moacir Costa, morador de Cidade Praiana, tem problemas cardíacos e sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Há anos estava acamado. Com o início das visitas da equipe, em alguns meses o aposentado já se levanta da cama e se locomove, inclusive sozinho – êxito conquistado, em grande parte, pelo tratamento de fisioterapia realizado.

"No dia que voltou a andar, ele chorou de felicidade", disse a filha de Moacir, Jaqueline dos Santos. "É muito bom receber essas visitas porque não teríamos condições de levá-lo sempre para as consultas", completou.

Além do atendimento da equipe básica do Programa, de acordo com a necessidade em cada caso, outros profissionais, como neurologista, psicólogo, cardiologista, entre outros, podem se juntar à equipe nessas visitas.

Com apoio da Secretaria de Bem-Estar Social, a iniciativa também oferece aos pacientes materiais de higiene, saúde e vestuário, como cadeira de rodas, fraldas, roupas e andadores.

"Ao final das visitas já agendamos o retorno. Também oferecemos apoio e orientação quanto aos benefícios legais do paciente, como pedido de aposentadoria", afirma a assistente social Rosita Borges, que explica que o programa complementa a atuação do Programa Saúde da Família no município.

Integram ainda a equipe básica do Padote a enfermeira Claudinéia Pereira e os fisioterapeutas Carla Faria e Sérgio Ramos.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.