Imprensa nacional elogia aplicação de royalties em Rio das Ostras

Imprensa nacional elogia aplicação de royalties em Rio das Ostras

Reportagens de domingo do Estado de São Paulo e do Globo destacam investimentos em saneamento

Por conta das discussões em torno da emenda Ibsen, que redivide os royalties do petróleo entre todos os municípios do Brasil, os grandes jornais nacionais estão divulgando o uso desses repasses pelas cidades produtoras. Neste domingo, 21 de março, tanto o Jornal Estado de São Paulo, quanto o Globo, reconheceram a aplicação correta desse recurso em Rio das Ostras, destacando os investimentos em saneamento – coleta e tratamento de esgoto e tratamento e distribuição de água de qualidade à população.

Na reportagem “Renda do Petróleo: modos de usar” do Jornal Estado de São Paulo (Estadão) foram ouvidos moradores de diferentes cidades produtoras. O repórter visitou as cidades que recebem royalties para averiguar se estavam utilizando bem ou mal essa receita.

Segundo a matéria, Rio das Ostras aparece como bom exemplo. O texto atesta que a prefeitura usou os repasses para investir em saneamento, como a estação de tratamento de esgoto e o emissário submarino. O jornal destaca que o número de escolas triplicou e que os investimentos na educação propiciaram o salto do 24º para o 3º lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), no Estado do Rio. A matéria traz ainda o depoimento de uma moradora que reconhece os avanços do município desde que chegou à cidade, há 14 anos.Jornal Estado de São Paulo

O texto inclui também uma fala do prefeito Carlos Augusto, ponderando sobre o crescimento populacional. “O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto Balthazar (PMDB), gosta de ter a cidade como bom exemplo do uso dos royalties, mas admite que ainda precisa de uma década para universalizar os serviços básicos”, descreve o repórter. 

         O Globo – A edição de domingo, 21, do Globo, setor de Economia, também apresentou uma reportagem destacando que Rio das Ostras investiu na Zona Especial de Negócios e em saneamento básico. O texto mostra o que a cidade vem fazendo para reduzir a dependência dos repasses dos royalties e assim como o Estadão aponta o crescimento populacional como um grande desafio a ser enfrentado pelo município.

 

FONTE: SECOM – PMRO.

 

Assuntos relacionados:

Leia mais sobre Royalties aqui … 

GALERIA DE FOTOS

 

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.