Fábrica de talentos foi aberta para novos mil alunos em 2007

Fundação de Cultura oferece cursos de dança, música e teatro

 

Aprovados em um disputado processo seletivo, que incluiu prova de habilitação, cerca de mil novos alunos ingressaram em 2007 no Centro de Formação Artística de Música, Dança e Teatro de Rio das Ostras.
As aulas inaugurais das três modalidades foram realizadas entre segunda e quarta-feira, dias 5, 6 e 7 de fevereiro, no Teatro Popular de Rio das Ostras, com os consagrados Nando Carneiro, instrumentista, compositor e regente, Regina Sauer, bailarina e coreógrafa, e Ginaldo de Souza, ator, diretor e produtor de espetáculos.

O Centro de Formação Artística é uma unidade da Fundação Rio das Ostras de Cultura que oferece cursos regulares e técnicos em dança, música e teatro. Para ingressar ou permanecer nos cursos regulares é preciso que o jovem esteja freqüentando a escola. Somente para o curso técnico, em qualquer uma das três áreas, o aluno tem que ter no mínimo 16 anos, estar fazendo ou já ter concluído o Ensino Médio.

Selecionado para estudar bateria no curso técnico, Roner Frederico Nunes de Melo, de 21 anos, acredita que vai poder desenvolver o seu talento no Centro de Formação Artística. "É muito importante para alguém que sonha em ser músico profissional, como eu, ter um local que oferece professores capacitados e excelente infra-estrutura", diz ele.

Aulas inaugurais – Na segunda-feira, divididos em três diferentes horários, os alunos de música assistiram às aulas inaugurais ministradas pelo regente da Orquestra Kuarup Sopros & Cordas, Nando Carneiro. Os estudantes de dança participaram das aulas na terça-feira, também em três diferentes horários, com a diretora da Cia. Nós da Dança, Regina Sauer. Os alunos de teatro fizeram aula inaugural na quarta-feira, às 18h, com Ginaldo de Souza.

Nando Carneiro foi um dos fundadores de A Barca do Sol na década de 70 e, junto com o grupo, atuou em shows e gravou quatro LPs. Em 1983, iniciou a sua carreira solo, gravando o LP "Violão", produzido por Egberto Gismonti, relançado em CD no mercado europeu.   Gravou ainda mais dois álbuns solo, além de um duo com Zeca Assumpção, sem falar nas participações especiais em muitos outros. Compôs, em parceria com John Neschling, a trilha sonora do filme "O Beijo da Mulher Aranha". Em 2004, formou o Luxo Artesanal Quarteto. Atualmente é regente da Orquestra Kuarup Cordas & Sopros.

Há 25 anos à frente da Cia. Nós da Dança, Regina Sauer trouxe do exterior as técnicas da Dança Moderna de profissionais como Lester Horton e Martha Graham. Reconhecida internacionalmente, já remontou "Revelation", a obra mais popular de Alvin Ailey, um dos grandes mitos da dança do mundo, além de criar mais de 15 obras completas para a companhia.

Ginaldo de Souza foi aluno de Ziembinski, Dulcina de Moraes e Gianni Ratto. Iniciou a sua vida profissional à frente de um dos movimentos de referência da arte e da cultura brasileira nos anos 60, o Teatro Jovem do Rio de Janeiro. Em 1968, estreou como diretor profissional com "Quando as Máquinas Param", de Plínio Marcos. Junto com Albino Pinheiro e Hermínio Belo de Carvalho, dirigiu os shows do Projeto Seis e Meia no Teatro João Caetano. Foi responsável pela montagem de megaeventos ao ar livre como Rio Antigo e Auto da Paixão de Cristo, entre muitos outros, além de realizar eventos no Exterior.

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.