Encenação da Paixão de Cristo

Paixão de Cristo no formato de cortejo será encenada no Centro e em Costazul

Palcos montados sobre trio-elétricos desfilam momentos finais e ressurreição de Jesus a partir do olhar de Maria

A Paixão de Cristo, há 12 anos no calendário permanente da Fundação Rio das Ostras de Cultura, apresenta em 2010 os últimos momentos de vida e a ressurreição de Jesus sob o olhar de sua mãe. Com o título “Paixão de Maria – o Cortejo”, o espetáculo será encenado desta vez em duas localidades – Costazul na quinta-feira, dia 1º, e Centro na sexta-feira, dia 2 – e terá um formato diferente. A platéia assistirá, como em um desfile, a passagem de quatro trio-elétricos que se transformam em palco, cada um levando uma cena diferente ao público.

Com elenco composto por 120 pessoas, incluindo professores e alunos do Centro de Formação Artística de Música, Dança e Teatro, a Paixão 2010 foi inspirada na obra de Jacopo da Todi. Criada em 1220, nos primórdios da Idade Média, o texto traduz um retrato da mãe de Deus alquebrada pelo sofrimento diante da cruz.                        

“O elenco, sob a direção de Carlos Henrique Pimentel, apresentará ao público os momentos cruciais e dolorosos da vida de Jesus, ressaltando os sentimentos de sua mãe Maria diante do suplício de seu amado filho”, conta Selma Rocha, presidente da Fundação Rio das Ostras de Cultura.

No primeiro trio-elétrico, que segue à frente do cortejo, será encenada a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, celebrada com ramos erguidos pelo povo. O segundo caminhão mostra o julgamento de Jesus por Pôncio Pilatos; o terceiro, a crucificação e morte, com Maria e o filho morto ao colo, cena imortalizada na Pietá de Michelângelo; e o último, a ressurreição e triunfo sobre a morte.

            A apresentação em Costazul será na quinta-feira, dia 1º de abril, às 18h, no trecho que se inicia na confluência da Avenida Governador Roberto Silveira com a Avenida Costazul até a Tocolândia.  Já a apresentação no Centro será na sexta-feira, dia 2 de abril, a partir das 20 horas, no trecho à beira-mar entre a Rua Rego Barros até a Praça José Pereira Câmara.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.