Defesa Civil retira colméias de residências

O coordenador do departamento dá dicas de como agir em caso de infestação de abelhas

O Departamento de Defesa Civil da Secretaria de Guarda e Trânsito de Rio das Ostras retirou, na última quarta-feira, dia 5, mais uma colméia em uma residência na Extensão do Bosque. Essa foi a 19º encontrada em residências no município em um mês. De acordo Werther de Albuquerque, coordenador do departamento, em caso de infestação de abelhas, a população deve acionar imediatamente a Defesa Civil.

"As pessoas não devem mexer nas colméias nem destruí-las, pois além de ser muito perigoso, é crime ambiental, sujeito a multa e detenção", explicou Werther, frisando que as ferroadas de abelhas podem até matar.

 Outra instrução da Defesa Civil em caso de infestação é não bater na abelha após ser picado, se estiver próximo a uma colméia "Quando a pessoa bate ou mata uma abelha ela libera um líquido cujo odor é identificado pelos outros membros da colméia, que imediatamente partem para o ataque".

 Nos últimos meses, a Defesa Civil tem recebido uma média de duas chamadas diárias de moradores com um grande número de abelhas em suas residências. Segundo Werther, o incidente é mais comum nesta época do ano devido a Primavera, quando há maior floração e liberação de pólen, o que faz com que as abelhas saiam a procura de alimento. Além disso, é nessa época que muitas espécies nascem, pois as larvas nascidas dos ovos colocados pelas fêmeas meses antes se alimentam mais, transformando-se em abelhas mais rapidamente.

 As colméias retiradas pela Defesa Civil são levadas para um sítio, onde ficam sob cuidado de apicultores. Não há muitas formas do morador evitar o surgimento de uma colméia. Mas manter o lixo bem fechado e não deixar ambientes como sótãos, porões e móveis desocupados fechados por muito tempo são algumas dicas da Defesa Civil. O telefone de Emergência da Guarda Municipal é 1532, o serviço funciona 24 horas.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.