Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente

Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente tem representante de Rio das Ostras

 

Estudante de 13 anos foi uma das delegadas eleitas no Estado do Rio

Rio das Ostras vai estar representada na Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, que será realizada entre os dias 3 e 8 de abril em Brasília (DF), reunindo 670 delegados de 11 a 14 anos de idade. A estudante Laiz Trocado, de 13 anos, que cursa o 9º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Maria da Penha de Oliveira, no Palmital, será uma das delegadas do Estado do Rio de Janeiro na conferência. “Procuro conscientizar e sensibilizar as pessoas a atuarem em favor da preservação ambiental”, afirma Laiz, comprovando estar informada do importante papel que vai desempenhar.

Segundo a diretora da escola, Denise Pinheiro das Neves, a estudante conquistou a vaga como delegada nacional por mérito, já que foi muito atuante na I Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente do Rio de Janeiro, realizada entre os 17 e 19 de fevereiro. “Laiz está muito preparada, pesquisou sobre os temas e contou com a experiência de conscientização sobre a importância de não desperdiçar água desenvolvida em nossa comunidade escolar”, assegura Denise.

A conferência nacional conclui um trabalho iniciado nas unidades de ensino de Rio das Ostras, que conta com Núcleo de Educação Ambiental composto por representantes das secretarias de Meio Ambiente e de Educação. Cada escola elegeu um dos temas – Água, Terra, Fogo e Ar – e planejou ações ambientais de acordo com a realidade local. Na Maria da Penha de Oliveira, por exemplo, a água foi o assunto escolhido.

Trajetória – Depois dos debates nas escolas municipais, chegou a vez de ampliar a discussão e trabalhar para definir rumos e caminhos para a preservação ambiental na Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente de Rio das Ostras, realizada entre 30 e 31 de outubro. Laiz, junto com mais um estudante, foi escolhida para representar a cidade na conferência estadual e, eleita como delegada também da etapa nacional, sabe que a sua responsabilidade agora é ainda maior.

“Tenho o objetivo de lutar pela preservação da natureza para as novas gerações e não vou desanimar”, diz a estudante que deseja cursar Biologia. Com o apoio da diretora da escola, Laiz espera multiplicar o conhecimento que adquirir na conferência nacional. “Planejamos montar na nossa unidade de ensino um COM-VIDA – Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola para traçar ações de preservação da água, já que no Palmital existe muito desperdício”, explica Denise.

A Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental, formado pela Diretoria de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente e pela Coordenação-Geral de Educação Ambiental do Ministério da Educação.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.