Comunidade rural participa de projetos sociais

Secretaria de Bem-Estar Social oferece atividades de cultura e lazer em Cantagalo

 

A localidade de Cantagalo, a oito quilômetros do Centro de Rio das Ostras, oferece uma oportunidade de inclusão social para as cerca de 600 famílias moradoras do local. Os projetos Flores do Campo e Sementes de Cantagalo atendem mulheres e crianças da comunidade, proporcionando atividades de cultura e lazer.

Os dois projetos são promovidos pela Secretaria de Bem-Estar Social em parceria com as secretarias de Educação e de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e realizados no Centro de Apoio ao Produtor Rural de Cantagalo.

A assistente social Miriam Amaral Queiroz, que coordena os projetos, diz que a comunidade mantém uma freqüência alta nas reuniões semanais.

– Procuramos fazer ações voltadas para o universo dos moradores. Além disso, um agente social, residente na localidade, faz visitas domiciliares às famílias para monitorar e identificar as situações de vulnerabilidade – explica Miriam, que também atende pessoalmente às famílias.

Além das atividades, os participantes dos projetos também fazem passeios aos pontos turísticos de Rio das Ostras.

– Nosso objetivo é promover a inclusão social daqueles que moram em localidades mais distantes, trazendo até eles atividades de cultura e lazer, além do serviço de assistência social – ressalta a secretária de Bem-Estar Social, Márcia Almeida.

 

Flores do Campo

 

O Projeto Flores do Campo atende 30 mulheres com atividades de cultura e lazer, além de aulas de artesanato e culinária, proporcionando uma oportunidade de geração de renda e desenvolvimento da auto-estima.

– Já fiz vários cursos aqui, como macramê, pintura em tecido e bordado. Com o que eu aprendo, faço artesanato e vendo as peças em minha barraca na Feira Eco-Rural – conta a dona de casa Maria Helena da Silva Souza, que participa do projeto há um ano e usa os conhecimentos adquiridos no Flores do Campo para ajudar a gerar renda para sua família.

 

Sementes de Cantagalo

 

O Projeto Sementes de Cantagalo é destinado ao público infanto-juvenil e atende 27 crianças, de 6 a 13 anos, que participam de aulas de balé e, em breve, dança de rua. Ainda neste mês, serão criados novos núcleos do projeto, nas escolas municipais Trindade e Carlos Maurício Franco, localizadas em lugares mais afastados do Centro de Apoio ao Produtor.

Antes só tinha a escola para ir, agora venho para cá e gosto muito de dançar – diz Caio Carlos Barbosa da Silva, de oito anos, primeiro dos três meninos a entrar na turma de balé. 

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.