Carlos Augusto se reúne com servidores para debater melhorias para Guarda Municipal

Encontro discutiu ainda propostas para melhorar a Segurança Pública que serão levadas pelo prefeito ao Comando da PM

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, reuniu-se na segunda-feira, 14, com representantes da Guarda Municipal (GM) e do sindicato dos servidores para debater melhorias para os guardas e a necessidade de aumentar a participação das polícias na cidade. “Saímos satisfeitos por termos sido bem recebidos pela Administração Municipal e avançado na melhoria do nosso trabalho”, avaliou o GM Daniel Floriano.

O encontro debateu propostas levantadas pelos guardas para aprimorar o trabalho e discutiu a atuação da Guarda Municipal na Segurança Pública, que é de responsabilidade da Polícia Militar. A reunião aconteceu após a morte do GM José Werneck, em serviço, durante o Carnaval.

As informações apresentadas na reunião vão servir para embasar a solicitação de mais policiais efetivos na cidade que o prefeito fará pessoalmente, nesta semana, ao Comando Geral da PM.

“Rio das Ostras tem o maior crescimento populacional real do Brasil e o Município tem trabalhado muito além de sua responsabilidade, em várias áreas, para atender com eficiência à população. O comprometimento de nossos servidores têm sido fundamental para manutenção da qualidade dos serviços públicos. Porém é necessário cobrar das outras esferas de governo suas responsabilidades. Segurança Pública é um dever da Polícia Militar e vamos, novamente, buscar o aumento do efetivo na cidade”, disse o prefeito.

A Admistração Municipal vem oferecendo total apoio ao trabalho das Polícias na manutenção da segurança. A Prefeitura cedeu o terreno e está construindo, na localidade de Praiamar, o primeiro Quartel de Bombeiros da cidade e a sede da 3a Companhia da Polícia Militar. As obras já estão em licitação e assim que for concluído o processo licitatório, em 90 dias as construções devem começar.

MELHORIAS – Diante das propostas dos servidores, Carlos Augusto informou que será avaliado o uso de armas não-letais por parte da Guarda Municipal. Disse ainda que, assim como outras carreiras da Administração Municipal, está sendo formulado o plano de cargos e salários da GM. O prefeito confirmou que serão executadas todas as melhorias possíveis em equipamentos e próprios da Secretaria de Ordem Pública para garantir a segurança e valorização dos profissionais.

Segundo o secretário Cel. Sérgio Pinto, a execução das propostas será consolidada de forma conjunta entre Administração e servidores. “Estamos analisando as mudanças, como a utilização de armas não-letais, como sempre fizemos: na base do diálogo e do entendimento entre o grupo”, completou o secretário.

CREDIBILIDADE – Carlos Augusto lembrou conquistas importantes da GM, como a aquisição do risco de função associado ao vencimento dos guardas. Lembrou também que nunca houve tantos investimentos na Guarda Municipal e que a combinação de treinamento, investimentos e qualidade dos profissionais conferiu a nossa Guarda Municipal respeito e credibilidade junto aos moradores e tornou a corporação referência na Região.

Entre os guardas presentes houve críticas aos que se utilizaram do momento por questões políticas. “Não há interesse político ou de partido. São propostas de melhorias elaboradas por nós, guardas”, disse o GM Floriano. Ele recebeu o apoio do colega GM José Renato, que desaprovou o fato de pessoas tentarem se utilizar da mobilização em proveito próprio.

Em sua fala, o coordenador do Sindicato, Renê Dutra, reafirmou a necessidade de pressionar o Governo do Estado por mais PMs. “Nossa cidade cresceu, mas o efetivo continua o mesmo. Precisamos caminhar juntos e encontrarmos uma solução”, disse Renê Dutra.    

FONTE: 
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.