Caps celebra aniversário com proposta de integração dos pacientes da Saúde Mental

Integrar os pacientes do Centro de Atenção Psicossocial de Rio das Ostras (Caps) à sociedade é um dos grandes desafios da unidade, que comemorou 7 anos, na segunda, dia 19. A data foi celebrada com festa, dança, música e poesia, em um momento de confraternização entre a equipe de saúde, pacientes e familiares. O prefeito Sabino e a secretária de Saúde, Ana Cristina Guerrieri, participaram do evento.

O Caps conta com equipe multidisciplinar, formada por médicos, assistente social, psicólogos e estagiários da Universidade Federal Fluminense, que atualmente atende a 310 pacientes. Eles ainda participam de oficinas terapêuticas, visando melhorar a qualidade de vida e sua relação com a família e sociedade. Também recebem três refeições diárias e medicamentos.
Este ano, os pacientes deram um grande passo no processo de inclusão social, ao participar do Carnaval de Rio das Ostras, no Bloco da Saúde Mental, e do desfile de aniversário da cidade.
O prefeito Sabino parabenizou o diretor clínico do Caps, o médico psiquiatra Edilberto Castilho, pelo trabalho pioneiro na cidade. Destacou a importância da unidade não só para os pacientes, como também para os familiares, que muitas das vezes têm dificuldade de lidar com a situação.
“Nosso maior desafio é trabalhar para que nada falte aos pacientes e à equipe técnica e ainda buscar a ampliação do serviço. Vamos inaugurar, em pouco tempo, a Residência Terapêutica, para acolher os usuários que não têm família”, destacou o prefeito.
A secretária de saúde, Ana Cristina Guerrieri, agradeceu o empenho da equipe do Caps e destacou a alegria dos assistidos, o que dá ânimo e coragem a toda a equipe de Saúde, mostrando que os obstáculos podem ser vencidos com trabalho e determinação.
MÚSICA – Pacientes como Sebastião Assis Melo e Antônio, demostraram muita satisfação em fazer parte do Caps. Entre as atividades que desenvolvem na unidade, está a composição de músicas. No evento, eles apresentaram algumas delas, com posições que pedem paz, união e o respeito entre as pessoas.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.