Capacitação em futebol adaptado a deficientes reúne cerca de 100 educadores

Curso faz parte dos investimentos de Rio das Ostras em políticas voltadas para a inclusão

Cerca de 100 professores de educação física da rede municipal de Rio das Ostras participaram do curso de capacitação em futebol adaptado para pessoas com deficiência intelectual, promovido pela Special Olympics em parceria com a Prefeitura. O evento, realizado no último sábado, dia 4, no Colégio Municipal Professora América Abdalla, contou com a presença do medalhista olímpico Robson Caetano, um dos embaixadores da entidade internacional.

Robson Caetano elogiou a iniciativa da Prefeitura. “O mais importante é estarmos aqui em Rio das Ostras, incentivando a melhoria da qualidade de vida dessas pessoas. É através do esporte que o legado do conhecimento aumenta”, disse o ex-atleta parabenizando o trabalho e a atenção do prefeito Sabino a causa da pessoa com deficiência.

O curso teve como objetivo promover a inclusão social por meio do esporte, fomentar o desenvolvimento das aptidões físicas e melhor a qualidade de vida das pessoas com necessidades intelectuais no município. Em Rio das Ostras, segundo dados do IBGE, cerca de 200 crianças e jovens apresentam alguma deficiência intelectual.

Presente ao evento, Sabino destacou a importância do curso. “A missão da prefeitura é atender a quem mais precisa. Estamos capacitando esses profissionais com o objetivo de fazer com que as pessoas com necessidades intelectuais acessem seus direitos”, ressaltou.
Também participaram do evento, os secretários de Educação, Andrea Machado, e Esporte e Lazer, Alberto Moreira Jorge, além de representantes da Special Olympics. O curso também contou com o apoio da Federação Estadual das Apaes do Rio de Janeiro e do Rio das Ostras Convention & Visitors Bureau.
Durante a sua visita ao município, o medalhista Robson Caetano também conheceu, acompanhado do prefeito Sabino e do secretário de Esporte e Lazer, Alberto Moreira Jorge, a Vila Olímpica Chico Leite.
CADASTRAMENTO – Como base às políticas municipais de inclusão, a Secretaria de Esporte e Lazer vai promover, a partir de junho, o cadastramento de pessoas com deficiência no município. De acordo com dados do censo do IBGE, o município possui 17.412 pessoas com deficiência. “Queremos que essas pessoas tenham a oportunidade, saiam de casa e pratiquem esportes. Serão oferecidas as modalidades adaptadas de atletismo, basquete, futebol, natação e vôlei”, explica o secretário Alberto Jorge.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.