Bacias de acumulação ficam prontas em novembro

Reservatórios, que fazem parte do Projeto Reviver, vão solucionar os problemas de alagamentos na região do Canal de Medeiro
Até o final de novembro, as obras das duas bacias de acumulação, que fazem
parte do Projeto Reviver em Rio das Ostras, serão finalizadas. A Bacia de
Acumulação 2, que está sendo concretada, deve ficar pronta até o fim deste
mês. A aplicação de cimento termina na próxima semana.
Para que o sistema entre em funcionamento, será necessário finalizar as obras
da Bacia 1, que teve as paredes construídas e 70% da aplicação de cimento
concluída. A previsão é que as bacias de acumulação passem a funcionar em
dezembro.
Os dois reservatórios, que ficam em Cidade Praiana, terão capacidade para
absorver 12,6 milhões de litros e solucionarão os problemas de alagamentos na
Região Sul do município.
A água retida nos reservatórios será escoada para o Canal de Medeiros através
da estação de bombeamento que ficará ao lado das bacias. Após as chuvas, a
água retida será jogada aos poucos no canal.
ETE- Três dos quatro reatores que estão sendo construídos para a ampliação da
Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no Jardim Mariléa, foram concluídos. A
empresa responsável pela obra está fazendo a montagem eletromecânica do último
reator e finalizando a urbanização do espaço. Mais da metade das elevatórias
que levarão o esgoto para tratamento foram finalizadas e a rede tronco entra
em funcionamento em novembro.
PROJETO REVIVER – Até agora foram instaladas 6,8 mil caixas de inspeção, que
preparam as residências para ligação da rede coletora de esgoto. A prefeitura
instalou 58 quilômetros de rede coletora de esgoto e já foram concluídos
aproximadamente 34 quilômetros de rede coletora de águas pluviais. Foram
pavimentados 38 quilômetros de ruas. Cerca 840 pessoas trabalham diretamente
nesta etapa do Projeto Reviver em 58 frentes de trabalho.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.