Adolescentes participam da Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente

Prefeito Carlos Augusto esteve presente em solenidade na Câmara Municipal

Estudantes das escolas públicas, representantes governamentais, de ONGs e de projetos voltados para a juventude participaram nesta quinta-feira, dia 30, da II Conferência Municipal Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente. O prefeito Carlos Augusto esteve presente na abertura do evento, realizado na Câmara Municipal, e lembrou a importância da participação dos adolescentes na preservação ambiental.

"Iniciativas de educação ambiental desenvolvidas em Rio das Ostras são referências no Brasil e no Exterior. Tivemos a possibilidade de apresentar nossos projetos em Cuba e no Equador e todo esse protagonismo juvenil, do qual o Orçamento Participativo Jovem é exemplo, vem gerando importantes frutos", afirmou Carlos Augusto.

Entre os objetivos da conferência, com duração de dois dias, estão o fortalecimento da educação ambiental nas escolas, incluindo o conhecimento e o empenho na resolução dos problemas socioambientais. Do evento vai sair eleito o embaixador do meio ambiente que representará a juventude na Conferência Municipal do Meio Ambiente, prevista para 2009, e a Carta Infanto-Juvenil das Responsabilidades e Ações Municipais.

Visita – O vereador Antônio Marcos, prefeito eleito de Casimiro de Abreu, em visita a Rio das Ostras, aproveitou para participar do evento. O futuro prefeito de Casimiro disse pretender levar para a sua cidade iniciativas bem-sucedidas como a Conferência Municipal Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

"Rio das Ostras apresenta excelentes resultados em diversas áreas, com destaque para a Educação. Quero aprender com essa jovem cidade e implantar alguns de seus projetos em Casimiro de Abreu", ressaltou.

Participações – Os secretários municipais de Educação, Maria Lina Paixão, Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Ivan Noé, e de Planejamento, Rosemarie Teixeira, e o deputado estadual Renato de Jesus foram algumas das autoridades presentes à conferência.

Com duração de dois dias, a conferência reuniu estudantes entre 11 e 14 anos, delegados eleitos nas escolas da cidade, que apresentaram as responsabilidades e ações escolhidas por cada unidade de ensino.

Além dos delegados, também participaram da conferência os suplentes e redatores das escolas, integrantes do Orçamento Participativo Jovem e dos programas Jovem Cidadão e Pró-Interação (Print), ambos voltados para os adolescentes.

A II Conferência Municipal Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente é promovida pelas secretarias municipais de Educação e de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, sob a coordenação executiva do Núcleo de Educação Ambiental (Neam) e da Comissão Jovem Organizadora do evento.

FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.