Vacinação contra pólio é prorrogada até dia 28 em Rio das Ostras

Campanha acontece nos postos de saúde

Seguindo a orientação do Governo do Estado do Rio, a Secretaria de Saúde de Rio das Ostras prorrogou até 28 de junho a Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil. Até a última semana, já haviam sido vacinados 73% do público-alvo, crianças de 6 meses a 5 anos incompletos.

A meta da Prefeitura, seguindo os padrões do Ministério da Saúde, é imunizar pelo menos 95% da população-alvo da campanha, que reúne cerca de 8 mil crianças. Deve-se lembrar de que, a partir deste ano, a idade mínima das crianças que devem tomar a gotinha é de 6 meses. Isso porque, desde 2012, a vacina injetável contra a paralisia infantil – com vírus inativo – entrou para o calendário vacinal regular. Todos os bebês devem receber a primeira dose aos 2 meses e outra, aos 4 meses de idade.

É importante lembrar que os pais ou responsáveis devem levar as crianças aos postos de saúde, munidos da caderneta de vacinação.

Prevenção – Não existe tratamento para a pólio e somente a prevenção por meio da vacina garante a imunidade à doença. O Brasil está livre da poliomielite há mais de 20 anos. Em 1994, o Brasil recebeu da Organização Mundial da Saúde (OMS) o certificado de eliminação da doença. E é apenas por meio da vacinação que se pode garantir que o vírus não volte a circular em território nacional.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.