Taça Brasil de Mountain Bike: atletas elogiam circuito de Rio das Ostras

Rubens Valeriano e Isabella Lacerda sagraram-se campeões na pista, que pode servir de aclimatação para as Olimpíadas 2016

Não faltou emoção à terceira etapa da Taça Brasil de Mountain Bike, realizada em Rio das Ostras no último domingo. Com obstáculos e subidas, a pista desafia a técnica e o condicionamento físico dos atletas. Na categoria de elite, sagraram-se campeões Rubens Valeriano e Isabella Lacerda. Foi mais um evento promovido no município que recebeu elogio dos atletas pelo circuito e organização. O prefeito Sabino prestigiou a competição.
Cerca de 250 ciclistas participaram da prova, realizada pela Prefeitura de Rio das Ostras em parceria com o grupo BikeRO e o Tayra Eco Parque, no Mar do Norte. O evento tem apoio da Federação de Ciclismo promovida pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), e conta pontos para o ranking internacional da União Ciclística Internacional (UCI). A quarta e última etapa acontece dia 14 de setembro, no Paraná.

“Gosto demais dessa pista. É uma pista bastante técnica. Subida muito dura, mas a gente desce se divertindo. É o verdadeiro Cross Country, prova de circuito. A organização é muito competente. O evento está crescendo cada vez mais, com mais competidores. Quem sabe daqui a alguns anos sai daqui um campeão brasileiro, um campeão pan-americano. Isso é gratificante para todos os atletas e para o esporte”, destacou o campeão dessa etapa Taça Brasil, na categoria elite masculino. Na prova, Valeriano superou Henrique Avancini, que ficou em segundo e é o atual líder do ranking brasileiro. Frederico Mariano chegou em terceiro.
Na categoria elite feminino, Isabella Lacerda venceu Raiza Henrique, ficando em terceiro lugar a atual líder do ranking nacional, Erika Gramiscelli. Isabella elogiou o circuito, que acha adequado à preparação para as Olimpíadas.
“A pista é show. Todo ano os atletas vêm ansiosos para cá. Pista com single track, saltos, rock garden. Então é bom para a preparação para as Olimpíadas. Quanto mais técnica e disputada melhor. Aqui temos uma boa estrutura, uma pista legal que ajuda muito o desenvolvimento do Mountain Bike”, destacou a campeã.
OLIMPÍADAS – A Taça Brasil é um dos eventos de alto nível promovidos pelo Município, dentro do Projeto Rio das Ostras Cidade Bike. Além de incentivar a prática do ciclismo, o projeto busca transformar a cidade em zona de aclimatação para as Olimpíadas 2016, já que a pista do Mar do Norte é a única no País habilitada para tal. A Secretaria de Esporte e Lazer do Município encaminhou a documentação ao Comitê Olímpico Brasileiro – COB, que se comprometeu a ceder a estrutura necessária para os competidores. A proposta está sendo analisada pela entidade esportiva.
A Comissária da UCI, a portuguesa Isabel Fernandes, coordenadora do Programa de Captação de Voluntários Rio 2016 para o ciclismo, acompanhou a competição em Rio das Ostras. Isabel ressaltou o alto nível da organização.
“É uma prova do calendário internacional e a organização nos interessa porque tem um conhecimento grande de ciclismo. Assim, podemos prestar um serviço de qualidade durante as Olimpíadas”, explicou a comissária. Ainda de acordo com Isabel existem dois tipos de voluntários: os generalistas, que podem fazer qualquer tipo de função, e os especialistas, que têm conhecimentos técnicos sobre os esportes olímpicos.
“Precisaremos de 60 mil voluntários em geral, no ciclismo serão pelo menos 500. Quem estiver interessados pode acessar o site www.rio2016.com ou enviar um e-mail para isabel.fernandes@rio2016.

FONTE:
Secretaria de Comunicação Social
Departamento de Jornalismo

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.