Secretaria de Segurança aumenta número de guardas nas vias públicas

A medida vem agradando pedestres e comerciantes que se sentem mais seguros com a presença da guarda municipal

Quem passa pelas vias públicas de Rio das Ostras tem observado um maior número de Guardas Municipais trabalhando. Essa foi uma das medidas adotadas pela nova Administração Municipal, que colocou mais 60 homens nas ruas, também foi ampliado o número de viaturas que passou de oito para 20, explicou o Secretário de Segurança, major Celso Santos.
A medida vem agradando os comerciantes, como explica a gerente de loja Patrícia Rangel. “A presença da guarda municipal pelas ruas do centro vem ajudando a reduzir o número de pequenos furtos nos estabelecimentos comerciais. Eu perdi a conta de quantas vezes a loja foi assaltada no ano passado. Outra coisa que temos notado é o reforço da guarda nos pontos de ônibus. Tudo isso vem acontecendo há menos de um mês e já começa a dar mais segurança à população” destacou a gerente.
A pedestre Rose Rocha também se sente mais segura para andar pelas ruas do centro do município. No entanto, espera que este reforço também se estenda aos bairros, principalmente na parte da noite, onde ela tem medo de circular ainda. “Esperamos que este reforço não fique apenas no verão, mas que seja continuo” comentou.
O secretário de Segurança Pública do município, Major Celso Santos, ressaltou que uma das prioridades da nova administração é levar a guarda municipal para ruas ajudando a manter a ordem nas ruas, não só ao que refere a inibir pequenos furtos, já que a presença inibe a ação dos assaltantes, como também melhora o trânsito.
Major Santos destacou que os motoristas já vêm notando melhoria do trânsito, principalmente na Rodovia Amaral Peixoto, onde o número de guardas foi reforçado, o que acabou refletindo na melhor fluidez do trânsito. “Anteriormente, o motorista levava em média 20 minutos para percorrer o trecho de Costazul até a entrada da Cidade Praiana e agora esse tempo foi reduzido em média 50%. Nosso objetivo não é multar, mas educar motoristas e pedestres”, finalizou.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.