Secretaria de Saúde promove Semana contra Tuberculose

Ações marcam Dia Mundial de combate à doença, 24 de março, e acontecem nas unidades de saúde

Engana-se quem pensa que a tuberculose é uma doença do passado. E o Estado do Rio de Janeiro registra o maior número de novos casos no País. Consciente desse panorama, a Secretaria de Saúde de Rio das Ostras montou uma programação especial nesta semana para marcar o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, 24 de março.
Nos postos de saúde, a equipe do Programa de Controle da Tuberculose está orientando a população e realizando o exame de quem apresenta sintomas da doença. O resultado pode ser obtido em 24 horas.

“A tuberculose nunca foi erradicada no Brasil. A situação de Rio das Ostras é semelhante a do resto do Estado e temos que acompanhar de perto”, explica a coordenadora do programa, Ivani Olivé. Atualmente, 30 pessoas estão em tratamento contra esse mal na cidade.

A transmissão é direta, de pessoa a pessoa e ocorre pela saliva, ao falar ou espirrar. Pessoas com Aids, diabetes, idosos doentes, dependentes químicos e fumantes são mais propensos a contrair a tuberculose.

O principal sintoma é a tosse contínua, com presença ou não de catarro, por mais de três semanas. Junto à tosse é comum o paciente apresentar febre ao final do dia, mal estar e perda de peso. Quem apresenta os sintomas deve procurar os postos de saúde para realizar o exame. Tuberculose tem cura e tratamento.

QUALIFICAÇÃO – Os técnicos de saúde do município estão recebendo qualificação para identificação da tuberculose. Nesta quinta-feira, 24, especialistas promoveram um curso direcionado aos agentes comunitários de saúde, que atuam no Programa de Saúde da Família – PSF.

“O trabalho dos agentes comunitários é muito importante na identificação dos casos e encaminhamento para tratamento. O quanto antes detectarmos a doença, melhor!”, alerta a coordenadora.

Atualmente o Programa de Controle da Tuberculose se concentra no Centro de Saúde da Extensão do Bosque, mas, ainda neste primeiro semestre, deve ser estendido aos postos do PSF em Mar do Norte, Rocha Leão, Cantagalo e Praia Âncora.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.