Secretaria de Saúde de Rio das Ostras se prepara para Semana de Combate a Tuberculose

Nesta quarta-feira, dia 15, os profissionais da Secretaria de Saúde de Rio das Ostras fizeram um treinamento para trabalhar na Semana Mundial do Combate a Tuberculose, que vai acontecer entre os dias 20 e 24 de março, em todas as unidades de saúde do município.

Além dos técnicos que trabalham nos postos de saúde, também os guardas e fiscais sanitários estão recebendo treinamento para que Rio das Ostras alcance o principal objetivo da Semana de Combate a Tuberculose – detectar precocemente o paciente, encaminhá-lo para tratamento e evitar a transmissão da doença.

O trabalho que será feito durante a Semana Mundial do Combate a Tuberculose é de intensificar a busca dos sintomáticos respiratórios (quem apresenta tosse com catarro por três semanas ou mais). Segundo Ivani de Souza, coordenadora do Programa Municipal de Combate a Tuberculose em Rio das Ostras, quanto antes o paciente for detectado, mais facilmente o paciente será curado. “A tuberculose tem cura, mas é preciso que o paciente tenha um acompanhamento médico, consuma os medicamentos e faça o tratamento até o final. E é isso que nós queremos, trazer os sintomáticos respiratórios para dentro do Programa Municipal de Combate a Tuberculose que tem um histórico de diversos pacientes curados”.

Programa Municipal

O Programa Municipal de Combate a Tuberculose de Rio das Ostras tem hoje 60 pessoas em tratamento.

O tratamento ambulatorial e a entrega de medicamento são inteiramente gratuitos e acontecem no Centro de Saúde da Extensão do Bosque. O atendimento de enfermagem é feito de segunda a sexta-feira durante o dia e toda segunda-feira, a partir das 13h30, é realizado o acompanhamento médico.

O tratamento dura, em média, seis meses e é fundamental que o paciente conclua-o, para evitar nova contaminação.

Mais informações pelo telefone 2764-3937 (Centro de Saúde)

FONTE: SECOM – PMRO.

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.