Sabino recebe representante do projeto “Praia para Todos”

Objetivo é implantar programa para possibilitar às pessoas com deficiência a usufruir de lazer e esporte nas praias de Rio das Ostras

O prefeito Sabino recebeu Fabio Fernandes, nesta quinta, 27, um dos organizadores do projeto “Praia para Todos”, que tem por objetivo aumentar a integração das pessoas deficientes com a natureza e o esporte. Fabinho veio conhecer a orla de Rio das Ostras a fim de estudar a viabilidade de implantação do projeto na Cidade. Após visitar a Praia do Centro, acompanhado dos secretários de Bem Estar Social, Rose Santos, e de Esporte e Lazer, Alberto Moreira Jorge, Fabinho foi recebido no gabinete pelo prefeito.
“Não é comum que os municípios tenham tanta acessibilidade quanto em Rio das Ostras. Apesar de ser uma obrigação do Poder Público, infelizmente, isso não é cumprido. Por isso, iniciativas como essa são louváveis. Projetos como o “Praia para Todos” fazem com que a cidade não segregue pessoas com deficiência, e fazem muita diferença na vida delas. Elas passam a entender o que é superação na prática e obtém mais saúde e qualidade de vida”, afirma Fabinho, que é cadeirante e também é representante do Instituto Novo Ser.
A iniciativa deve ser inserida no projeto do Departamento de Paraesporte da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, que está sendo criado de forma pioneira no Estado do Rio. Para o prefeito Sabino, medidas como essa contribuem para que as pessoas com deficiência tenham seus direitos respeitados. “Esse é um projeto humano, que possibilita a muita gente sair de casa para se exercitar, aproveitar a cidade e a vida e com isso criar círculos de amizade, viver uma realidade diferente”, observou o prefeito.
Para Fábio, a agilidade com que o encontro foi promovido pelo Prefeito, que conheceu o projeto em maio, durante a caminhada da adoção, em Copacabana, demonstra a vontade do poder público em adotar medidas de inclusão. A partir de agosto, o Departamento de Paradesporto iniciará o cadastramento de moradores com necessidades especiais. Com a iniciativa, pretende-se fazer um levantamento preciso do número de pessoas e identificar o tipo de deficiência. Para isso, equipes da Prefeitura estarão nas localidades do Município, indo de casa em casa.
Futebol (de cinco e de sete), vôlei, natação, basquete, atletismo, tênis de mesa, vela e goalball – modalidade para deficientes visuais – serão as modalidades adaptadas oferecidas pelo Departamento. Além disso, pessoas que nunca tomaram banho de mar terão essa oportunidade pelo projeto “Acessibilidade é a nossa praia”, em parceria com a Secretaria de Bem Estar Social, que prevê a utilização de cadeiras adaptadas (anfíbias) apropriadas para esse fim. “Há muitas pessoas que, por vergonha de sua condição, deixam até de se cadastrar em programas da Prefeitura. Nosso objetivo é mudar esta realidade ao oferecer a oportunidade de socialização pelo esporte e lazer”, explica Alberto Moreira Jorge, secretário de Esporte e Lazer.

FONTE:
Departamento de Jornalismo
Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.