Rio das Ostras supera a média da Provinha Brasil

Alunos fizeram exame por adesão e tiveram 61,7% de acerto

 

Apesar de ter o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) acima da média nacional, o que desobrigaria o município de realizar a Provinha Brasil, Rio das Ostras optou por aderir ao exame do Ministério da Educação. O resultado foi positivo e os alunos tiveram 61,7% de acerto (a média é 50%).

A Provinha Brasil é um instrumento de avaliação do MEC com o objetivo de realizar um diagnóstico do nível de alfabetização das crianças das redes públicas de ensino após um ano de escolaridade. Em Rio das Ostras, 77% dos matriculados no 2º ano do Ensino Fundamental, totalizando 1.290 alunos distribuídos em 21 unidades de ensino, fizeram o exame.

"Nossa intenção em aderir à Provinha Brasil foi analisar o desempenho dos nossos estudantes. O resultado foi muito positivo e não nos surpreendeu já que se aproxima do prognóstico da Casa da Educação, resultante das visitas pedagógicas às escolas", conta a coordenadora do Programa Sou Mais Alfabetizar, Daniele Damaceno.

Apoio ao Professor – A Rede Municipal de Ensino quer melhorar ainda mais este índice e já está desenvolvendo algumas ações: todas as 28 escolas que têm turmas de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental vão receber oficinas, a primeira delas com o tema "Discutindo a Alfabetização"; as visitas pedagógicas serão intensificadas e foi criado o Programa de Apoio ao Professor Alfabetizador.

"Recebemos muitos professores novos na Rede Municipal de Ensino e, com estas ações, queremos possibilitar a qualificação continuada e a troca de experiências", explicou Daniele.

Os resultados da Provinha Brasil em Rio das Ostras foram apresentado no dia 13, sexta-feira, na Casa da Educação, aos diretores das escolas e professores orientadores. A Casa, setor pedagógico da Secretaria de Educação, promove os cursos Sou Mais Alfabetizar e Alfabetização e Letramento.


FONTE: Secretaria de Comunicação Social

Ronet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.